‘Unindo Forças’ foi o tema do debate realizado pelo Conjove em Irati - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

‘Unindo Forças’ foi o tema do debate realizado pelo Conjove em Irati

O Conselho do Jovem Empresário de Irati (Conjove) realizou um debate, no último dia 15, com o tema “Unindo Forças”. Além de fazer parte do Feirão do Imposto, o debate teve o objetivo discutir como fazer aproveitamento dos impostos. “É utopia achar que vamos conseguir diminuir os impostos, independente de quem esteja no governo. O que estamos tentando brigar é para que esses impostos sejam melhores utilizados e que a população faça melhor proveito desse dinheiro, o que não acontece hoje. Nós pagamos muito e não obtemos retorno. A principal ideia do debate foi fazer uma união de todas as entidades da cidade para trabalharmos juntos em prol do município”, é o que relata o vice-presidente do Conjove de Irati, Fabio Luis Glinski Ivatiuk.
Divulgação

A advogada Sonia Mara Gerchevski conta que o Conjove convidou a subseção da OAB Irati para participar do debate e o presidente Plínio Fillus, a indicou para representar a OAB no evento. Segundo ela o debate foi bem organizado e com a participação de um número expressivo de entidades representativas da sociedade.

Conforme Sonia, dois momentos do evento merecem destaque. “O primeiro foi o da palestra ministrada pelo representante da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Enezito Ruppel, cujo tema 'O quinto dos infernos' demonstra a relação do pagamento de imposto, seu retorno e a história do Brasil. O segundo momento foi o debate entre os representantes das entidades sobre a carga tributária imposta para as empresas e para os consumidores. Mediado com maestria pelo presidente do Conselho de Jovens Empresários da Associação Comercial do Paraná (ACP), João Guilherme Duda, todos tiveram a oportunidade de expor as suas opiniões sobre a união de forças proposta pelo evento, em prol de melhorias na qualidade de vida da população iratiense e região”, comenta.

Sonia enaltece a parceria que o Conjove buscou junto às entidades que apoiaram o evento: “demonstrando que devemos unir as entidades representativas, os poderes constituídos e os cidadãos, para que trabalhemos em campanhas na mesma direção, pois, no final todos queremos a melhoria da nossa cidade, estado e país”, diz.

Além do debate, Sonia conta que participou da panfletagem na rua e da coleta de assinaturas para a redução de impostos.

“Quando demonstramos à população os valores que são pagos de impostos em alguns bens e produtos, e que chegam a ser mais de 50% do valor que pagamos, notamos a atenção e um despertar dos cidadãos para pedir mais retorno desses valores e a redução da carga tributária", destaca a representante da OAB.

Outro aspecto positivo, de acordo com membros do Conjove e da OAB, foi o compromisso assumido pelas entidades presentes de dar continuidade, marcando nova data para debates e fóruns sobre temas locais e regionais. "Para juntos decidir o que é melhor fazer, como fazer, quem vai fazer e assim sucessivamente”, finaliza Sonia.

Conforme Fabio, o debate foi bastante produtivo.

“No final tivemos um feedback dos que compareceram, e eles elogiaram bastante a iniciativa. Esse debate foi para alinhar as coisas e para todos poderem conversar e discutir o assunto. A próxima reunião a gente quer que seja totalmente objetiva, queremos sentar novamente para discutir projetos e começar a viabilizar tudo o que a gente já tem”, completa.

Por Thaís Siqueira/Hoje Centro Sul