CÂMARA DE IRATI - Marcelo Rodrigues aponta irregularidades na Secretaria de Saúde - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CÂMARA DE IRATI - Marcelo Rodrigues aponta irregularidades na Secretaria de Saúde


"Vossas excelências e comunidade têm ideia do que está ocorrendo na Saúde de Irati"? Com este questionamento, o vereador Marcelo Rodrigues (PP), no uso da Palavra Livre da sessão ordinária do dia 19 de setembro de 2017 da Câmara Municipal de Irati, apontou a possibilidade de que os servidores da Secretaria Municipal de Saúde fiquem sem receber seus vencimentos. De acordo com as palavras do próprio parlamentar, isso pode acontecer "por irresponsabilidade de um vice-prefeito, para conquistar o seu ego", citou Rodrigues.

Assista no vídeo a seguir:

Caso prefira, você pode assistir o vídeo no Facebook.

"Isso está sendo discutido há muitos dias e, até então, não foi definido quem é o secretário municipal de Saúde", disse Rodrigues, citando que, em coletiva de imprensa, foi anunciado o nome de Magali de Camargo pelo prefeito Jorge Derbli (PSDB) para estar a frente da pasta. O vereador ainda comentou que, segundo o que foi informado a ele, esta pessoa já estaria trabalhando na Secretaria, mas sem que tenha sido publicado um decreto de nomeação. "Isso é improbidade administrativa. Isso dá cassação do prefeito, se ele não tomar as devidas providências", comentou, acrescentando que na quarta-feira (20), os vereadores estariam presentes na sede da secretaria para verificar se a situação está realmente acontecendo. Posteriormente, sobre a pessoa indicada, Marcelo citou que a mesma teria feito um pedido de aposentadoria, e só poderia assumir a pasta depois de dois meses.

Continuando a fala, Marcelo Rodrigues foi enfático ao dizer que o vice-prefeito Amilton Komnitski (PSD) "não tem autonomia alguma para indicar qualquer secretário", e também que ele é uma pessoa "que diz que tem sessenta anos de farmácia, mas não sabe o que é uma gestão pública. Atender um balcão até eu sei", falou o vereador, lembrando que há mais de quatrocentos servidores ligados à Secretaria Municipal de Saúde. "Eu gostaria que o senhor prefeito, a partir de amanhã, tomasse a decisão. E nomeie quem é o responsável. Não podemos comprar remédio para a secretaria. Tá faltando remédio? Vão lá na Farmácia do Sr. Amilton. Vão reclamar, porque agora o responsável é ele. Não tem secretário. Não tem a pessoa responsável. Eu quero ver os funcionários da Saúde fazerem uma greve municipal aqui, por não receber o seu salário. Por culpa de quem? Do Jorge Derbli? Não! Do Sr. Amilton Komnitski", pontuou o vereador, destacando que não irá pedir licença do cargo - conforme estava previsto - até que se resolva a situação caótica em que, segundo ele, está a Saúde em Irati.

Por fim, Marcelo Rodrigues sugeriu que todos os vereadores assinem um convite para que o vice-prefeito Amilton Komnitski compareça à tribuna da Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos a respeito da situação da Secretaria Municipal de Saúde de Irati - PR.

Assista também o vídeo completo da sessão ordinária do dia 19/09/2017.