Polícia Civil de Teixeira Soares prende dois acusados de abuso sexual de vulneráreis - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Polícia Civil de Teixeira Soares prende dois acusados de abuso sexual de vulneráreis

A Polícia Civil de Teixeira Soares realizou, nesta
sexta-feira (25), duas prisões de indivíduos suspeitos de terem cometido crime de abuso sexual de vulneráveis.

Um dos homens estava foragido desde outubro de 2014 e foi encontrado em Irati, no bairro Vila Raquel. O indivíduo, de 46 anos, é acusado ter estuprado sua enteada, uma menina que à época tinha 11 anos de idade. A prisão ocorreu às 17h30, na residência do suspeito, depois de quase um ano de investigações.  

De acordo com a Polícia Civil, o acusado deixou Teixeira Soares em 2014, assim que tomou conhecimento que a enteada havia relatado o abuso à polícia. O delegado Rodrigo da Silva Cruz pediu a prisão preventiva, o Ministério Público apreciou o pedido, foi favorável e o juiz da Comarca expediu mandado de prisão. 

Para dificultar que os policiais o encontrassem, o indivíduo já havia mudado de residência várias vezes, indo para municípios distintos. A equipe da Polícia Civil de Teixeira Soares tem conhecimento que o acusado teria residido em Imbituva, Marmeleiro (área rural de Rebouças) e em Irati.
No momento em que o cidadão foi localizado pelos policiais na Vila Raquel, em Irati, sua esposa tentou dificultar a prisão. Ela gritou alertando vizinhos e um de seus filhos veio, acompanhado de outros rapazes, que buscaram defender o foragido.  Entretanto, os policiais obtiveram êxito na prisão.

O outro acusado de abuso sexual de vulnerável foi preso em Teixeira Soares, na área urbana, por volta da 12 horas deste dia 25. Chegou ao conhecimento dos policiais que o homem de 57 anos vinha cometendo atos libidinosos com o próprio filho, um menino de seis anos de idade. 

Em investigação, constataram-se fortes indícios de crime. O caso foi comunicado ao Ministério Público, com pedido de prisão preventiva do suspeito e foi expedido  mandado de prisão pelo juiz da Comarca.

A equipe da Polícia Civil de Teixeira Soares atua, desde 2012, sob o comando do delegado Rodrigo da Silva Cruz. Neste período, vem trabalhando intensamente para combater crimes de abuso sexual contra vulneráveis. Tanto, que realizou investigações durante quase um ano para prender um suspeito de estupro. “São crimes que causam grande repúdio perante a sociedade e os indivíduos que os cometem têm de ser presos”, ressalta o delegado de Teixeira Soares, Rodrigo da Silva Cruz .


Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Divulgação Polícia Civil de Teixeira Soares