Mallet: Estradas rurais precárias prejudicam os agricultores - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 7 de setembro de 2014

Mallet: Estradas rurais precárias prejudicam os agricultores



Produtores rurais de localidades como Santa Cruz do Rio Claro, Colônia 5 e a Vila Rural contam que já foram na Prefeitura de Mallet solicitar melhorias mais que não conseguiram. O vereador  Albino Nowacki também intercedeu, através de requerimento enviado ao Executivo

Algumas estradas rurais em Mallet estão em estado precário e o vereador Albino Nowacki solicita a recuperação das vias, sobretudo nas comunidades de Santa Cruz do Rio Claro, Colônia 5 e a Vila Rural. A necessidade de melhorias nas estradas foi levantada durante sessão da Câmara Municipal, no mês de agosto, através do envio de requerimento ao Executivo.
 
Thaís Siqueira/Jornal Hoje Centro Sul
O morador da comunidade Santa Cruz do Rio Claro, Ambrósio Prochera, conta que algumas ruas estão intransitáveis e, apesar das reclamações dos moradores, a situação ainda não foi resolvida. “Tem dias que, se chover, tem que vir a pé pra cidade, porque não tem como passar. Nem  táxi vai. Eu já reclamei, quantas vezes já fui eu e o vizinho na Prefeitura reclamar e pedir cascalho pra arrumarem. Eles levaram, jogaram lá e acabou. Não arrumaram nada e a buraqueira continuou. Eu acho que eles estão fazendo muito pouco”, diz.

Segundo ele, a Prefeitura de Mallet prometeu solucionar o problema quando tiver todos os recursos necessários, porém, com as chuvas, a situação está piorando. “Há algumas semanas eu fui lá, falei com o secretário de Obras e ele me disse que não tem cascalho agora, mas que quando eles tiverem, eles vão arrumar. Choveu, piorou a situação e até agora nada. Eles falaram que a Patrulha Rural ia arrumar, mas ainda não apareceu na comunidade”.

O morador da comunidade Colônia 5, Paulo César Monchak, explica que a situação é a mesma há 10 anos e causa problemas para a agricultura. “Em questão de estrada, a situação está feia. De uns 10 anos pra cá, está cada vez pior. Teve um trecho do outro lado do município que foi arrumado, mas as ruas da nossa comunidade ainda não foram ajeitadas. Essa situação causa problemas para o escoamento da produção, porque é difícil ficar transportando e levando a produção com as ruas desse jeito”, afirma.

Paulo conta que já procurou ajuda e pediu melhorias, mas segundo ele, o órgão responsável apenas deu esclarecimentos e ainda não resolveu a situação. “Quando vamos pedir para ajeitarem, eles sempre dão desculpas. Agora, por exemplo, que é o segundo ano da gestão nova, eles dizem que o problema é da gestão passada, que está faltando dinheiro, que precisam pagar contas da outra gestão”, completa.

A prefeitura de Mallet foi procurada pela equipe do Hoje Centro Sul, mas não informou quando o problema será resolvido.

Texto: Kyene Becker