Rio Azul vai sediar a 12ª Feira de Sementes Crioulas - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 31 de agosto de 2014

Rio Azul vai sediar a 12ª Feira de Sementes Crioulas

Durante séculos se falava apenas em sementes ou mudas, pois toda semente era naturalmente o resultado do trabalho dos agricultores familiares.

No século passado, empresas começaram a modificar as variedades usadas pelos agricultores e vendê-las como sementes “melhoradas”. Trata-se em grande parte de sementes hibridas ou transgênicas que o agricultor não pode multiplicar e preservar na propriedade.
As sementes crioulas são o conjunto de sementes e mudas livres, reproduzidas e mantidas pelas famílias camponesas. É esse cuidado com as sementes que levou à agrobiodiversidade atual e que permitirá que os nossos filhos tenham sementes livres e possam se alimentar de maneira saudável.

Histórico da Feira

Em um encontro municipal de mulheres agricultoras, realizado em 1999 na comunidade de Pinhalão, município de União da Vitória, foi concebida a ideia de criar uma Feira de Sementes Crioulas para favorecer o livre intercâmbio das variedades anualmente frente ao seu grande potencial mobilizador, e a metodologia das feiras de biodiversidade foram incorporadas por movimentos e organizações atuantes em várias regiões do país.

O 1º Encontro Estadual da Juventude Rural

A  agricultura familiar exerce grande importância como fonte geradora de alimentos, trabalho e renda no país.

No entanto, nota-se um esvaziamento crescente do campo, especialmente pela juventude favorável e estímulos para que a agricultura familiar continue existindo. Por isso, venha, participe! Vamos contruir este debate com otimismo e diposição.

1º Encontro Municipal de Mulheres
O encontro será um momento de socializar e discutir as experiências que vem ocorrendo no município relacionadas as mulheres e suas organizações, bem como conhecer as políticas nacional e estadual voltada a esse público.

Objetivos da Feira

- Incentivar a conservação e multiplicação das espécies de sementes crioulas e da agrobiodiversidade;
- Oportunizar a troca de experiências entre as famílias e das sementes de diversas espécies crioulas;
- Expor as sementes recuperadas e preservadas pelas famílias durante anos na comunidade de nossa região;
- Intensificar a produção de sementes e espécies de diversos cultivos, garantindo a autonomia e o autoconsumo familiar.

Programação do dia

8h30 – Café da partilha

10h – Oficinas
- Oficina sobre sementes crioulas (relatos de guardiões e elementos técnicos);
- Encontro Municipal de Mulheres (troca de experiências e apresentação de políticas públicas);
- Encontro Estadual da Juventude Rural (juventude e sucessão na agricultura familiar)
12h30 – Almoço com alimentos da agricultura familiar e da agrobiodiversidade da região
14h – Abertura da Feira de troca de sementes
16 h – Assinatura da carta aberta
18h – Encerramento e confraternização
Esse evento conta com vários parceiros para a sua realização, e apoio da prefeitura de Rio Azul.

Assessoria