Reposição salarial para os vereadores é aprovada por unanimidade - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 27 de maio de 2014

Reposição salarial para os vereadores é aprovada por unanimidade

Na segunda-feira (26), a sessão ordinária da Câmara Municipal de Irati recebeu grande número de cidadãos, sobretudo, para acompanhar a votação do Projeto de Resolução n° 002/2014, que concede reposição salarial de 5,91% aos vereadores. O projeto foi aprovado por unanimidade de votos, ou seja, nove a zero. O vereador Wilson Karas (PSD) não participou da sessão e justificou sua ausência devido ao falecimento de um parente.

@Thaís Siqueira/Hoje Centro Sul

O vereador Emiliano Gomes (PSD),  havia dito que votaria contrariamente à elevação do subsídio durante a discussão do projeto, entretanto ele errou e foi favorável na hora em que o projeto foi colocado em votação  pelo presidente da Câmara, Amilton Komnitski (PPS).  Emiliano não se levantou para votar contra. Devido a este equívoco cometido, o vereador, assim como todos os demais,  aprovou a elevação do subsídio.

O Regimento Interno da Câmara Municipal de Irati é claro quanto a forma como deve acontecer a manifestação contrária pelos vereadores.  Em seu Capítulo II, Votação, Art. 151, diz: "O processo simbólico praticar-se-á conservando-se sentados os vereadores que aprovam e levantando-se os que desaprovam a proposição".
Ainda houve bate-boca entre Vilson Menon (PMDB) e Emiliano Gomes (PSD).




Texto: Letícia Torres
Vídeo: Sergio Popo

Assista o vídeo. Alguns dos principais trechos do vídeo:
- 80min (discussão entre Menon e Emiliano)


- 83min 46 segundos (momento da votação, aonde quem seria contra deveria levantar. Emiliano permaneceu sentado, como mostra o vídeo)



Excepcionalmente, para a disponibilização do vídeo em menor tempo, o mesmo foi dividido em duas partes. Depois, a Palavra Livre será postada no site do Hoje Centro Sul.