Polícia prende mais um suspeito de assaltar família de vereador de Prudentópolis - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Polícia prende mais um suspeito de assaltar família de vereador de Prudentópolis

Quatro dos seis membros da quadrilha estão detidos. Dois suspeitos foram identificados, mas estão foragidos
Fernanda Santos, com reportagem de Elio Kohut


O quarto suspeito de assaltar e fazer refém a família do vereador José Petez (PSD), foi preso pela Polícia Militar de Guarapuava. Ele faz parte de uma quadrilha de seis integrantes que atuava na região de Irati.

De acordo com a Polícia Civil de Prudentópolis, os quatro suspeitos já estão respondendo ao processo judicial e os outros dois, que estão foragidos, já foram identificados.

No fim do mês de maio, a família do vereador José Petez, foi surpreendida por um grupo de assaltantes que, além de levar vários objetos da casa, também roubou a mercearia e fez todos de reféns por cerca de seis horas, com exceção do vereador, que estava no centro da cidade. O assalto aconteceu na localidade de Tijuco Preto, interior de Prudentópolis.

Depois de assaltar a família do vereador, os assaltantes fugiram e entraram em confronto com a polícia local. Um dos membros do grupo foi preso nessa ação, e os outros conseguiram fugir.

O delegado da Polícia Civil de Prudentópolis, Osmar de Albuquerque Pontes Junior, conta que a quadrilha foi identifica no início de maio. “Um dos assaltantes foi preso no local, em flagrante. Dois dias depois, mais um integrante da quadrilha foi detido, ao se apresentar na delegacia. E, o terceiro assaltante foi capturado em Imbituva”, lembra Pontes Junior. O quarto suspeito foi apreendido pela Polícia Militar de Guarapuava em julho, e também responde ao processo judicial.

Pontes Junior explica que a polícia está tentando localizar os dois integrantes da quadrilha, que estão foragidos, mas já foram identificados.

Petez foi alvo de bandidos pela terceira vez. Ele recebeu quase todos os objetos furtados da família e que foram recuperados durante a investigação.

Quadrilha

Com o andamento das investigações, a polícia encontrou uma casa com vários objetos furtados pela quadrilha em outros assaltos. Um dos suspeitos, que assumiu a participação na abordagem à família do vereador, contou que a quadrilha cometia vários assaltos nas cidades da região. Além disso, a polícia também já apurou que a maior parte do grupo é de Guarapuava, sendo componente de uma organização maior do mesmo ramo.