O que é a luta antimanicomial? - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 8 de maio de 2021

O que é a luta antimanicomial?



COLUNA: Saúde Mental & Psicanálise - Maio de 2021

O que é a luta antimanicomial?

Dia 18 de maio é o Dia Nacional da Luta Antimanicomial no Brasil. O movimento é formado principalmente por usuários dos programas de saúde mental e dos trabalhadores desta área. O seu objetivo é lutar pelo fim do modelo antigo de atenção à saúde mental – o chamado manicomial – e pela criação e instituição de um novo modelo, o da atenção psicossocial. Mas por que se busca acabar com o modelo antigo?


Antigamente, pessoas com sofrimento psíquico eram internadas nos hospitais psiquiátricos, os chamados “manicômios”. Nesses lugares, porém, os internos não encontravam um tratamento, visto que a internação era apenas uma forma de esconder aquilo que incomodava na sociedade. Pessoas que, por meio de seu sofrimento, denunciavam algo daquilo que não se queria saber – desde pessoas com transtornos mentais até amantes grávidas – eram colocadas nos hospitais para “resolver o problema”. Assim, elas não recebiam um tratamento e podiam acabar, inclusive, tendo seus transtornos cronificados. Além disso, nesses lugares, as pessoas eram tratadas com muita desumanidade.


Por conta disso, trabalhadores da saúde mental e usuários se uniram em um movimento, a luta antimanicomial, que resultou na reforma psiquiátrica: leis que instituíram um novo modelo de atenção à saúde mental, o modelo psicossocial, que tem como princípio o tratamento em liberdade. A partir daí, foram criados os serviços do SUS que visam atender pessoas em sofrimento psíquico, como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). A internação, no novo modelo, é utilizada apenas como último recurso, e deve ter uma duração o mais breve possível, apenas para conter o momento de crise. 


A luta, porém, é constante, visto que a área da saúde mental vem sofrendo diversos retrocessos. Além disso, não basta apenas criar a lei e construir os serviços: é necessário também realizar um trabalho com o objetivo de quebrar a lógica manicomial na sociedade, que levou à criação do modelo antigo e ainda é muito influente hoje em dia. Por isso a conscientização em relação à saúde mental continua sendo muito importante!




Paula Benato
CRP: 08/26034

Graduação em Psicologia pela UNICENTRO
Especialização em Saúde Mental e Psicanálise pela PUC-PR
Percurso em Psicanálise

Facebook: /paulabenatopsi
Instagram: @paulabenatopsi
WhatsApp: (42) 9 9907 8595