Projeto IRATI – A GENTE CRESCE SEM CORRUPÇÃO é semeado nas Escolas - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Projeto IRATI – A GENTE CRESCE SEM CORRUPÇÃO é semeado nas Escolas


Escolas Rurais Municipais

“A orientação e o exemplo dos adultos são fundamentais para que a transformação da nossa sociedade aconteça”, destacou a diretora da Escola do Guamirim.

No dia 17, o Presidente Nei Cabral, acompanhado da coordenadora da Secretaria da Educação, Dione Cistina, esteve percorrendo as escolas do interior do município disseminando o Projeto Irati - A Gente Cresce sem Corrupção. Seis comunidades foram visitadas. O projeto está sendo muito bem aceito pelos alunos, professoras, coordenadoras e diretoras, que estão se prontificando a realizar atividades relacionadas ao tema com os estudantes.

A diretora da Escola Municipal Esperança C. Chuilki do Guamirim, Vitória Rossa Sauruck, elogiou o projeto e contou que a escola já trabalha o tema em sala de aula, mostrando aos alunos a importância das atitudes corretas no dia-a-dia. “A orientação e o exemplo dos adultos são fundamentais para que a transformação da nossa sociedade aconteça”, relatou.

Em cada escola visitada, o Presidente da Câmara e a coordenadora da Secretaria de Educação explicavam aos pequenos a importância de não cometer pequenos atos corruptos no dia-a-dia e dentro da escola, como por exemplo, colar na prova, mentir para professora que está doente para não ir para aula, pegar materiais e coisas do coleguinha sem permissão, mentir para os pais, etc. As crianças participavam fazendo perguntas e nas suas inocências, assustadas, afirmavam que já cometeram pequenos atos corruptos, sendo o ato mais praticado, colar na prova.

No Itapará a explicação do projeto abrangeu além dos alunos da Escola Municipal São Miguel, os alunos da Escola Estadual Padre Pedro Baltzar, que enalteceram o trabalho da Câmara. No Rio do Couro, o diretor da Escola Municipal Olavo Anselmo Santini, Lúcio Daneliv ficou bastante interessado no projeto afirmando que levará o tema até aos professores do educandário para que atividades sejam realizadas em sala de aula. O mesmo aconteceu na Escola dos Colonizadores em Gonçalves Júnior, onde o projeto foi enaltecido pelas professoras e coordenadora.

Na Escola da Linha Pinho de Cima e na Escola Rosa Zarpellon do Pinho de Baixo, as crianças demonstraram bastante interesse e ficaram eufóricas com as palestras que serão realizadas na Câmara. Thales Rafael Precoma, de 5 anos, afirmou: “Estou muito empolgado para esse dia, pois não conheço a Câmara Municipal”. Assim como ele, os seus coleguinhas também disseram que não conhecem o Legislativo.

Para o Presidente Nei Cabral percorrer o interior é sempre um prazer. “Além disso, estamos realizando um trabalho prazeroso nas escolas, fazendo as nossas crianças refletirem sobre como ter atitudes corretas e não cometer pequenos atos que comprometem a vida do outro. É em casa e na escola que se forma o caráter. Precisamos falar mais sobre o assunto e combater a corrupção na família, na escola, nos bairros, na cidade, estado e país”, alertou.

A coordenadora de educação reforçou que está incentivando as escolas a trabalharem o tema em sala de aula. “A ideia é criar uma rotina de atividades relacionadas ao tema, mostrando às crianças que estes pequenos atos corruptos no dia-a-dia podem ser combatidos e que a mudança em prol de um país melhor começa na gente. Se todos queremos um mundo melhor, precisamos arregaçar as mangas e começar por nós mesmos”, afirmou.

Na próxima semana mais visitas deverão ser realizadas nas escolas para apresentação do projeto e divulgação da semana de palestras que ocorrerá na Câmara entre os dias 25 e 29 de novembro, com os temas: A Corrupção nos Pequenos Atos; Corrupção na Família e Corrupção no Poder Público e na Sociedade. Das 29 escolas da rede municipal de ensino 15 já foram visitadas.


Texto e fotos:
Assessoria