Vereador reboucense tem mandato cassado por compras de votos - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Vereador reboucense tem mandato cassado por compras de votos



Segundo a matéria divulgada pelo G1, o vereador em Rebouças, Ricardo Carlos Hirt Junior (PSB) teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). A sentença foi publicada pelo órgão na quinta-feira (16).

A denúncia, feita pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), diz que o parlamentar e o cabo eleitoral Vicente Cardoso compraram votos usando uma nota falsa de R$100.

O advogado que defende o vereador cassado Robson Krupeizak, disse que ainda aguarda ser notificado sobre a decisão judicial e só depois disso vai se manifestar sobre a sentença.

    Conforme a denúncia feita pelo MPE, antes das eleições municipais de 2016, Cardoso foi até a casa de um casal e entregou um panfleto da campanha juntamente com uma nota de R$100, para que os dois votassem em Junior. Quando os eleitores entregaram a nota de dinheiro em um posto de combustíveis, descobriram que era falsa.

    De acordo com a sentença do TRE-PR, depois desse acontecimento, o casal foi até o local onde estava o vereador e contou o que ocorreu. Junior, que na época era candidato a vereador, entregou duas notas de R$50, desta vez verdadeiras.
   

G1 PR