Programa Nota Legal é lançado pelo prefeito Odilon Burgath - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Programa Nota Legal é lançado pelo prefeito Odilon Burgath

Odilon Burgath enfatizou a importância econômica
e histórica do Nota Legal
Na manhã dessa sexta-feira, dia 17, a Prefeitura de Irati realizou o lançamento do Programa Nota Legal, que tem como objetivo aumentar a arrecadação no município e diminuir a sonegação fiscal. 

Trata-se de uma ação inédita: um álbum de figurinhas,  com cromos para colar, que são adquiridos conforme a pessoa for reunindo notas fiscais. Para adquirir o álbum e pegar o primeiro pacote com três figurinhas a pessoa deve apresentar R$50,00 em notas, após isso, ‘custará’ R$30,00 reais em nota a cada novo pacote.



Luiz Valdir Slompo falou sobre a necessidade
de aumento da arrecadação
Segundo o secretário de Finanças de Irati, Luiz Valdir Slompo, a ideia partiu do prefeito e foi bem recebida pelas secretarias. Para Slompo, o principal é o incentivo que a ação gera. “Só uma campanha de conscientização não bastaria, já que não pedir nota fiscal é um costume. Com o álbum, que vai durar um bom tempo de promoção, aos poucos as pessoas vão pegando a prática de sempre pedir nota”, comenta o secretário. E ele acrescenta que se a ação obtiver sucesso, deve continuar nos próximos anos.


Para cativar o público, o álbum trará cromos especiais que darão direito a prêmios como bicicletas, bolas, notebooks, tablets e vídeo games.  

Além disso, quem, ao final da promoção, estiver com o álbum completo,  vai concorrer a uma premiação em dinheiro em dois sorteios, um ainda esse ano, dia  18 de dezembro, e o outro uma semana antes da  páscoa, dia 18 de março de 2016. O álbum conta com 112 espaços para serem preenchidos.

A secretária de Educação, Cláudia Zanlorenzi, entregou o primeiro álbum


Durante o lançamento do Nota Legal, o prefeito de Irati, Odilon Burgath enfatizou que a cidade precisa de mais recursos para sempre ter novos avanços na saúde, na educação, na reestruturação de estradas rurais, na compra de máquinas, na ampliação da rede de esgoto, nas pavimentações. 







"Isto é o básico, isto significa dignidade. E como a parte financeira é sempre preocupante, determinei ao secretário de Fazenda que temos que aumentar receitas, sem onerar a população", comentou Burgath, acrescentando que o trabalho não é só no financeiro. "O álbum é um livro de história da nossa cidade, é o encontro dos iratienses com a nossa história", finalizou.


O conteúdo dos cromos recebeu a atenção da Secretaria de Cultura de Irati. Todas as figuras representadas são relacionadas com a história do município e pontos turísticos. “Construímos essa ideia e a consideramos de grande valor, pois, com isso, o álbum além de colaborar com a arrecadação municipal, também terá valor histórico, como um livro sobre a cidade”, fala a secretária de Cultura, Claudete Basen.

Outra secretaria engajada no programa é a de Educação, já que através dela foram articulados os pontos de troca. 

Diversas escolas municipais e estaduais, além da Casa da Cultura, funcionarão como ponto de troca das figurinhas. Para participar da campanha, valerão as notas emitidas a partir de primeiro de março de 2015.












Pontos de Troca
1) Indústria do Conhecimento - Vila São João
2) Escola Municipal da Lagoa - Bairro Lagoa
3) Escola Municipal Pe. Wenceslau - Rio Bonito
4) Escola Municipal Francisco Vieira de Araújo - Centro
5) Escola Municipal Matilde Araújo do Nascimento - Bairro Pedreira
6) CAIC - Vila São João
7) Escola Municipal Irmã Helena Olek – Centro
8) Escola Estadual João de Mattos - Bairro Rio Bonito
9) Escola Estadual Pio XII - Bairro Canisianas
11) Escola Estadual Trajano Grácia - Engº Gutierrez
11) Escola Estadual Antonio Xavier – Centro

12) Casa da Cultura - Centro



Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul 
Fotos: Letícia Torres/Hoje Centro Sul