Jovem acusado de matar homem a facadas é preso em Mallet - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Jovem acusado de matar homem a facadas é preso em Mallet

@Rádio Studio W
Da Redação, com reportagem Rádio Studio W

Um jovem, de 19 anos, confessou a autoria de um homicídio ocorrido em Mallet, no fim de semana. O suspeito identificado como Lucas da Luz foi preso em um trabalho conjunto das polícias civil e militar. 

Lucas prestou depoimento na Delegacia de Mallet, na tarde de terça-feira, 7. Na ocasião, o jovem demonstrou nervosismo e arrependimento pelo crime cometido. Outro rapaz também foi interrogado, mas negou participação no homicídio ao contrário de Lucas, que confirmou ter cometido o crime.

Depois de ser ouvido, Lucas levou os policiais até a plantação de milho, onde Marcelo da Maia, de 36 anos, teria sido morto com golpes de facão. O suspeito informou que o crime ocorreu na noite de sábado, 4. Na oportunidade, a vítima estaria caminhando na BR-153. Lucas disse que abordou Marcelo nas proximidades da estrada que dá acesso a localidade de Vera Cruz, em Mallet. Após uma perseguição, o suspeito conseguiu atingir a vítima em uma plantação de milho, que fica há cerca de 300 metros da BR-153. Com um golpe de facão, Lucas derrubou Marcelo. Em seguida, o acusado do crime desferiu outros golpes na região do tórax e na cabeça da vítima. Uma faca e um facão usados pelo suspeito para cometer o homicídio foram apreendidos pela polícia.

Em seu depoimento, Lucas ainda alegou que estava sofrendo ameaças de Marcelo, assim como a filha da vítima. Esses fatores teriam motivado o homicídio, conforme o suspeito.

Uma mulher e um homem também prestaram depoimento. Ambos podem ter participação no crime. “Estou recolhendo todos os depoimentos necessários para desvendar quem cometeu esse crime e o que levou a esse fato”, informou a Delegada de Mallet, Vanessa Cristino de Oliveira, em entrevista a reportagem da Rádio Studio W.

Após um pedido da Delegada, o Juiz da Comarca de Mallet, Ítalo Mário Bazzo Junior, decretou a prisão preventiva de outros dois rapazes, que são acusados de ter participação no homicídio. Os dois suspeitos, que não tiveram os nomes e a idade revelados, foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil de Mallet. Ambos estão à disposição da justiça.

Crime

O corpo de Anderson foi localizado na tarde de segunda-feira, 6, em uma plantação de milho nas proximidades da BR-153, em Mallet. A vítima apresentava perfurações na cabeça, tórax, pescoço, além de ferimentos no rosto. De acordo com a Polícia Militar, Anderson foi morto com golpes de facão.


No bolso da calça da vítima foi encontrada uma pequena quantia em dinheiro e seus documentos pessoais. Um boné e um celular da vítima também foram localizados próximos ao corpo da vítima. Os objetos foram apreendidos e encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil de Mallet.

Anderson era morador do bairro Lagoa, em Irati, e possuía antecedentes criminais no estado de São Paulo. Anderson e seu irmão, que é morador de Mallet, foram presos em Irati no início deste ano. Na oportunidade, eles tentaram agredir um casal com um tijolo, segundo informações da Rádio Studio W.

Fotos: Rádio Studio W