Chegou a hora! - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Chegou a hora!

Acadêmicos contam como estão os preparativos para a formatura e relembram o período da graduação

A formatura representa um sonho para muitos acadêmicos que concluem as graduações. Mais do que uma simples comemoração, a formatura representa o encerramento de um longo ciclo, muitas vezes, em uma cidade desconhecida, longe da família e dos antigos amigos.



Depois de cinco anos dedicados ao curso escolhido, a formanda em Engenharia Florestal pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Pâmela Caroline Lau, espera com empolgação o dia da colação de grau, da missa, do baile. “Formar-se é tornar realidade o seu sonho, sua conquista, seu objetivo alcançado. É poder vivenciar um momento único ao lado de pessoas importantes para você (família e amigos)”.

Pâmela é natural de Irati e ingressou no curso de Engenharia Florestal, na Unicentro, em 2010. Ex-estudante do Colégio Florestal do município, a acadêmica optou pela graduação para dar continuidade aos estudos. Durante o curso, Pâmela participou de projetos, pesquisas e estágios, que proporcionaram mais conhecimento sobre a profissão e uma vida acadêmica agitada. “Posso afirmar que aproveitei ao máximo. Cursando Engenharia Florestal, além de obter ensinamento repassado por nossos professores, tive a oportunidade de fazer estágios durante as férias, os quais me mostraram a realidade do dia-a-dia e me deram a oportunidade de colocar em prática o que aprendi no curso. Também participei do centro acadêmico por dois anos, fiz iniciação científica e extensão. Enfim, não fiquei um ano sem me ocupar com alguma coisa. Minha passagem pelo curso foi proveitosa”, conta.
Em meio aos estudos, Pâmela também teve tempo de fazer amizades que, segundo ela, foram essenciais para a conclusão do curso. “Conheci muitas pessoas durante o período do curso, mas amizades verdadeiras foram poucas e essas perduram até hoje, independente da distância, e é claro que elas estarão presentes em minha formatura. Afinal, elas fazem parte dessa conquista, pois ajudaram nos estudos, aconselharam, viveram junto comigo os momentos tristes e felizes, se tornando então pessoas inesquecíveis”.

Ela ressalta que sentirá saudades da rotina e dos colegas de universidade. “A graduação é um período longo que, quando você está cursando, seu desejo é que ela acabe, mas quando realmente se torna realidade, você sente na pele que sua rotina mudou e parte da sua história se encerrou. Isso lhe faz sentir saudades, lembrar de tudo que você passou e das pessoas com quem você conviveu durante esse tempo”.

Outro acadêmico de Engenharia Florestal da Unicentro que se forma em breve é Felipe Nogueira da Silva, mais conhecido como Barreto. Natural de Santa Cruz do Rio Pardo, em São Paulo, ele conheceu a Unicentro através de um cursinho pré-vestibular. Além da Unicentro, Barreto também foi aprovado na Universidade Federal do Paraná (UFPR), porém, optou pela instituição de Irati por ter um bom currículo e por ser bem vista pelas empresas do setor.

O formando em Engenharia Florestal destaca que a formatura é o encerramento de um ciclo e a preparação para uma nova fase da vida. “A formatura é algo com que todo acadêmico sonha. É um momento muito especial na vida dos alunos, pois ali passam muitas lembranças de tudo o que você passou para chegar ali. Significa o término e o início de uma nova etapa da vida”, diz.
Segundo ele, sua passagem pela Unicentro não foi muito expressiva, porém, a vida acadêmica lhe trouxe bons amigos, dos quais sentirá falta após a formatura. “Não tive uma passagem expressiva pela universidade, sempre fui um aluno mediano. Fiz algumas amizades durante os cinco anos de curso, tanto da cidade de Irati quanto na classe. Sempre teremos saudades dos bons amigos”, ressalta.

Expectativa e nova fase

Para Pâmela, a formatura é algo esperado desde o início do curso e ela conta quais são as expectativas para a comemoração. “Na minha opinião, quando uma pessoa entra na faculdade, o sonho dela é chegar ao final e comigo não foi diferente. Minhas expectativas para a tão esperada formatura é que esta seja um momento inesquecível, onde eu, meus colegas e outros cursos presentes possam comemorar o final de uma trajetória”.

Além da colação de grau, onde são entregues os diplomas, Barreto irá comemorar a formatura com uma festa, organizada por alguns acadêmicos do curso. Ele ressalta que espera uma noite divertida e inesquecível. “Optei pela festa, porque acredito ser uma forma de recompensar as pessoas que viveram esse sonho comigo. Espero que seja uma grande comemoração e todos possam se divertir bastante”.

O encerramento de um ciclo costuma trazer dúvidas e indecisões sobre o próximo passo a ser dado. Apesar disso, Pâmela e Barreto correram atrás dos seus sonhos e já sabem o que irão fazer nessa nova fase da vida. “Não só tenho planos, como também já estão concretizados. Durante a faculdade, decidi que ao término da graduação continuaria a estudar, ou seja, faria o mestrado e, posteriormente, o doutorado, com o objetivo de me especializar em uma determinada área. Em novembro de 2014, recebi a notícia de que tinha sido aprovada para cursar o Mestrado em Engenharia Florestal na Universidade Federal do Paraná (UFPR), na linha de pesquisa Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais e, desde então, o meu futuro pós-formatura já estava definido”, conta Pâmela.

Já Barreto está empregado e, futuramente, espera dar continuidade aos estudos. “Consegui um ótimo estágio, que me fez amadurecer e me preparar para o mercado de trabalho. Ao término do estágio, fui indicado para uma empresa onde já atuo desde 05 de janeiro. No entanto, tenho planos de fazer cursos e pós-graduação, para qualificar minha formação e atuação prática”, finaliza.
A formatura do curso de Engenharia Florestal da Unicentro, assim como outros cursos, acontece no próximo dia 25, no Centro de Eventos Italiano, a partir das 19h.

Texto: Kyene Becker


Fotos: Arquivo pessoal