Segunda reunião do Plano Municipal de Educação é realizada em Rio Azul - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 29 de novembro de 2014

Segunda reunião do Plano Municipal de Educação é realizada em Rio Azul

Na tarde de quinta-feira (20), a Secretaria de Educação de Rio Azul apresentou a Comissão Coordenadora do Plano Municipal de Educação do município, que irá reescrever o documento base para a educação de Rio Azul. Essa foi a segunda reunião sobre o novo Plano Municipal de Educação, que terá validade de 10 anos e deverá conter as metas, diretrizes, ações e estratégias que serão desenvolvidas no âmbito da educação no município.

Kyene Becker/Hoje Centro Sul
A secretária de Educação de Rio Azul, Roseli Gurski, explica que o Plano será refeito, pois o documento homologado em 2009 não atende as necessidades do município. “O Plano atual está fora da nossa realidade. A educação no campo não é contemplada nesse plano atual. A educação infantil também é outro ponto, porque temos muitas crianças, mas está fora da realidade enfrentada por outras cidades. Por exemplo, hoje não temos crianças na fila de espera. Com relação ao ensino integral, nós já temos uma escola que funciona durante o dia todo. Porém, o Plano Nacional pede para que 50% das escolas no município contemplem o ensino integral daqui a alguns anos”, afirma.

Segundo Roseli, o Plano Municipal deve ser baseado no Plano Nacional da Educação e, além disso, estar de acordo com as leis municipais. “Se eu quiser obter parcerias com empresas, para incentivar a educação no município, isso precisará estar no Plano Municipal, senão a situação pode ser enquadrada como irregular e não poderemos solicitar verbas para a área. O Plano Municipal existe para dizer que o município precisa de recursos em determinadas áreas, se ele não for escrito, significa que a cidade não precisa de recursos, porque não há planejamento”. A secretária de Educação de Rio Azul destaca que um documento base para o Plano Municipal deve ser entregue na segunda semana de dezembro.

Sobre a situação da educação em Rio Azul, Roseli Gurski ressalta que resultados das melhorias realizadas nos últimos dois anos já podem ser observados. “A situação da educação em Rio Azul melhorou muito, mas é claro, ainda não está perfeita. Construímos três novas escolas, criamos novas turmas, conseguimos mobiliário e capacitamos professores, buscando a valorização desses profissionais. Isso já refletiu de forma positiva. Antes de 2012, o município tinha uma fila de espera grande. Desde o ano passado, essa fila não existe mais. A área da educação passou por uma reorganização completa nesses últimos dois anos”, finaliza.

Por Kyene Becker