Política em questão - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 22 de março de 2014

Política em questão

Burgath convida Lula para vir a Irati

Assessoria Odilon Burgath
O prefeito de Irati, Odilon Burgath (PT), participou no último dia 14 do encontro estadual do Partido
dos Trabalhadores, que teve a presença do ex-presidente Lula. Burgath conseguiu conversar rapidamente com Lula e o convidou para visitar Irati e conhecer a maior imagem de Nossa Senhora das Graças do mundo. Segundo o prefeito, Lula foi atencioso e o questionou sobre o tamanho da imagem. Para Burgath, a oportunidade de conversar com um dos maiores líderes petistas de todos os tempos foi um momento emocionante.


Apoio a Glesi

O encontro estadual do Partido dos Trabalhadores aconteceu em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, com a presença de deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e lideranças da sigla no Estado do Paraná. O objetivo da vinda do ex-presidente Lula foi demonstrar apoio à senadora Gleisi Hoffmann (PT), pré-candidata ao governo do Paraná.

Baixas no PSD

O chefe do escritório regional da Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social,
Nelson Luiz Antunes, deixou o PSD última sexta-feira, dia 14. Seu irmão, Walmor Antunes Filho, destituído recentemente da chefia do escritório regional da Secretaria de Esporte, deverá entregar sua ficha de desfiliação do partido ainda nesta semana.

Rasteira

Walmor Antunes Filho destaca sua insatisfação com a forma  como foi afastado do cargo de chefia que ocupava. Segundo Walmor, na semana passada, ele recebeu um telefonema lhe pedindo para que não utilizasse mais o carro oficial, nem o telefone, pois tinha sido exonerado em 28 de fevereiro. A comunicação, quase quinze dias depois de publicada a exoneração em diário oficial, e feita por telefone um dia antes do novo chefe assumir o chateou. E com razão.


Felipe Lucas volta à ALEP


Depois de uma longa e angustiante espera, Felipe Lucas (PPS) deverá voltar a ocupar o cargo de deputado estadual nos próximos 30 dias. Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu cassar a liminar que mantinha Alceu Maron Filho (PSDB), no cargo de deputado estadual  e manter a perda do seu mandato por infidelidade partidária -  conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) tinha decidido há um ano. Todos sabiam que o PPS ganharia a questão e Felipe voltaria para a Assembleia Legislativa (ALEP), mas este um ano que demorou para o ocorrer o julgamento deixou a Região  Centro Sul órfã de representação.   Esperamos que Felipe ainda consiga fazer bons projetos para a região neste curto tempo que tem garantido na Assembleia.

Subterfúgio

O troca-troca entre vereadores e suplentes de algumas coligações tem chamado a atenção em Irati. Alguns, inclusive, assumiram nas redes sociais que se trata de um acordo "democrático" para que todos possam participar. Na prática, a dita "democracia" está mais para um subterfúgio político-partidário, com o intuito de comprometer os suplentes para com interesses de lideranças partidárias  nas próximas eleições.  Cabe ao eleitor ficar atento.

Rodízio

Com bom humor, um observador do cenário político iratiense que prefere não se identificar, comentou as estratégias que vem sendo usadas. "Eu já vi pizza em política, agora sob a forma de rodízio é a primeira vez".

De Letícia Torres