Goleiro de Prudentópolis é convocado para Seleção Brasileira Sub-17 - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Goleiro de Prudentópolis é convocado para Seleção Brasileira Sub-17

Juliano Chade, jogador do Atlético Paranaense, foi convocado para treinar, visando o Mundial da categoria

[caption id="attachment_30422" align="alignleft" width="425"]13777188050.89570100[1] Juliano durante partida da Seleção Brasileira - © Arquivo Pessoal[/caption]O jovem de Prudentópolis, Juliano Chade, de 15 anos, é um dos convocados para treinar na Seleção Brasileira de Futebol Sub-17. Ele, que atualmente é goleiro do Atlético Paranaense, participou recentemente da Copa das Nações, no México de 10 a 18 de agosto. Os treinos fazem parte da preparação do time para o Mundial da categoria.
Em entrevista à equipe da Najuá, Chade comentou que vida teve muitas mudanças desde sua ida para o Atlético. “Em Prudentópolis, eu morava com a minha família, agora estou em Curitiba, que é bem diferente de morar com os meus pais. Hoje, ganho meu próprio dinheiro também”, explana o goleiro.

Por meio de seu trabalho no clube, Juliano conquistou reconhecimento nacional quando recebeu sua primeira convocação para passar por um período de testes. Depois, ele foi chamado para representar o País na Copa das Nações, no México, que aconteceu entre os dias 10 e 18 de agosto. Agora o menino irá realizar treinamentos visando o Mundial Sub-17, que será realizado entre os dias 17 de outubro a 8 de novembro nos Emirados Árabes. “Essas convocações coroam tanto o meu trabalho, quanto o do Atlético. Isso é importante para minha formação. Fico feliz em vestir a camisa da seleção brasileira e espero, um dia, vestir a do time profissional”.

Experiência no México

Na Copa das Nações, Juliano participou efetivamente e realizou sua estreia com a camisa da Seleção Brasileira. “Acho que fui muito bem e fico feliz por poder vestir a ‘número 1’ da camisa da Seleção Brasileira”. Ele conta que experiência de jogar na seleção é diferente, mas que estava concentrado para fazer o melhor por seu País.

Com esse trabalho recente, o goleiro afirma que, em nenhum momento, pensou que já seria chamado para a próxima fase de treinamentos, que acontecerá em Itú/SP, com mais 24 jogadores. “Fiquei bastante surpreso e vou tentar agarrar esta oportunidade, assim como as outras que passaram”.

Apoio de Prudentópolis

Mesmo estando longe de sua cidade natal, Juliano lembra com muito carinho do lugar em que cresceu e do apoio que recebe dos moradores pelas redes sociais. “Prudentópolis é o meu lar, onde eu aprendi a jogar bola”. Ele comenta que quando está de férias, volta para a cidade porque é um dos lugares que gosta de ficar.

 

De Fernanda Santos, com reportagem de Elio Kohut, ( Najuá )