Polícia encontra corpo de jovem que estava desaparecida - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Polícia encontra corpo de jovem que estava desaparecida

Guamiranga – O cadáver da jovem de 23 anos que estava desaparecida desde a manhã de segunda-feira (18) foi encontrado pela Polícia Militar na tarde de terça-feira (19), após 24 horas de buscas ininterruptas, que envolveram equipes do Corpo de Bombeiros, equipes Choque e K-9 (de cães farejadores) do 1º BPM de Ponta Grossa, além da equipe Rotam e do Serviço Reservado da 8ª CIPM.

A jovem desapareceu de sua casa, na localidade de Ponte Preta, enquanto o marido saiu para trabalhar. Quando ele retornou, além da ausência da mulher, notou a falta de R$ 1,2 mil em dinheiro e de um televisor de 20 polegadas.

Ao longo do primeiro dia de buscas, a polícia encontrou apenas algumas peças de roupa que poderiam pertencer à vítima. Já por volta das 16 horas de terça (19), encontraram a jovem morta, seminua, usando apenas um sutiã, e com o corpo já coberto, em partes, por terra.

A descoberta sobre o paradeiro da jovem ocorreu depois que a PM recebeu informações que apontavam o possível suspeito pelo crime. Quando o apontado pelas denúncias foi abordado, ele admitiu a autoria, mas, num primeiro momento, disse ter contado com auxílio de um terceiro. Ele também apontou a localização do corpo da vítima.

Na casa do segundo suspeito, a polícia encontrou uma espingarda de calibre 36. Os dois foram levados até a Delegacia de Polícia Civil e o corpo da jovem encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Contradições

Já na delegacia, ao prestar depoimento, o primeiro suspeito assumiu que havia inventado a história de que teria contado com ajuda de um comparsa para praticar o crime. Diante do delegado, afirmou que cometeu sozinho o assassinato, que teria sido motivado pela raiva que sente da família da vítima.

Além de assumir sozinho a autoria do homicídio, relatou onde teria ocultado o dinheiro roubado da residência do casal, logo após o crime. Uma equipe foi enviada ao local, onde o montante foi encontrado: R$ 1220.

O primeiro suspeito foi autuado por latrocínio (roubo seguido de morte) e o segundo por posse ilegal de arma de fogo.

Texto: Edilson Kernicki, da Redação, com informações da PM