Prefeito de Mallet explica a situação financeira do Município - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Prefeito de Mallet explica a situação financeira do Município

Apesar de ter mais de R$ 2 milhões em contas a pagar, Rogério Almeida (PV) acredita que será possível colocar a casa em ordem até o final do ano e iniciar seus projetos




[caption id="attachment_24043" align="alignleft" width="500" caption="Em entrevista à Rádio Cidadão, o prefeito detalha a situação financeira de Mallet"][/caption]

Mallet - O prefeito de Mallet Rogério da Silva Almeida (PV) reuniu, no último dia 16, sua equipe de governo para assinar o termo de posse. Estiveram presentes todos os secretários municipais e os contratados para dar apoio técnico e político, nomeados em cargos de comissão.
Na ocasião, Almeida explanou o problema das dívidas deixadas pela gestão anterior, que totalizam mais R$ 2 milhões e falou sobre iniciativas que vêm sendo tomadas em setores importantes, como a saúde.
"Vamos primeiro honrar as dívidas empenhadas, para depois começar a comprar" disse o prefeito. Mallet é um dos municípios da região que não vai pedir para prorrogar o prazo de pagamentos que já estão em atraso. A estimativa é que o Município encerre o ano de 2013 com mais de R$ 23 milhões em arrecadação, o que leva a atual administração a crer que será possível dar início aos trabalhos previstos no plano de governo.
"Este vai ser um ano para colocar a casa em ordem, mas já estou em busca de soluções, quero ser um prefeito atuante e não vou ficar de braços cruzados", afirma Almeida.
O prefeito conta que teve a visita do deputado federal Dirceu Sperafico e já conseguiu para o município uma emenda de R$ 250 mil e que irá atrás de novos recursos.
Para encerrar seu pronunciamento, Almeida falou que vai usar de muita transparência em seu governo. Tudo que acontecer, o prefeito pretende tornar publico através dos meios de comunicação.




[caption id="attachment_24044" align="alignleft" width="400" caption="Toda equipe de governo foi reunida pelo prefeito para assinatura do termo de posse"][/caption]

Total das dívidas
Ao falar nas dívidas empenhadas, o prefeito afirma que a "herança" deixada pela gestão anterior está surpreendendo, pois, a cada dia que passa, aparecem outras dívidas. No ano de 2009 Mallet tinha R$ 43.932,30, no ano seguinte (2010) esse valor subiu para R$ 134.543,76, em 2011 o município fez uma dívida de R$ 200.746,28 e o grande vilão foi o ano de 2012 (ano eleitoral) quando Mallet gastou R$ 1.650.573,20. Isto totaliza, em dívidas empenhadas a serem quitadas, R$ 2.029.795,54 - saldo atualizado em dia 31/12/2012. Além deste valor, só em financiamentos a prefeitura paga R$ 29.443,77 por mês, o Tribunal de Justiça não é pago há 18 meses, entre outras pendências. Desta forma, Mallet atualmente tem cerca de R$ 2,6 milhões de contas a pagar.


Investimentos em saúde
Na saúde, setor com a maior dívida, apenas referente ao ano de 2012 restam R$ 835.239,07 a serem pagos. Mesmo assim, o prefeito conta que já tiveram início as contratações de profissionais necessários. "Fiz a contratação do Dr. Juliano Hasan, estou aguardando a assinatura de contrato do Dr. Ricardo e quero contratar mais um médico para ajudar os que aqui estão atendendo e fazer a saúde municipal voltar a ser uma referência para região", defende Almeida.


Férias dos funcionários
No sábado, dia 19, em um pronunciamento na rádio Cidadão FM, o prefeito Rogério Almeida explicou o motivo de algumas obras municipais estarem paradas. "Assumi o cargo a menos de 20 dias, tive que, de forma emergencial, colocar 219 funcionários públicos de férias, pois é um direito deles, no mês de fevereiro outros 46 funcionários pegaram férias", conta Rogério.




Texto: Assessoria e redação
Foto: Assessoria


Publicado na edição 656, 23 de janeiro de 2013.