ADECSUL - Diretoria solicita Utilidade Pública Municipal em Irati - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

ADECSUL - Diretoria solicita Utilidade Pública Municipal em Irati


Na sessão ordinária do dia 31/10/2017 da Câmara Municipal de Irati - PR, foi apresentado na tribuna popular um pedido para que os vereadores concedam à Agência de Desenvolvimento das Regiões Sul e Centro-Sul do Estado do Paraná (ADECSUL), o título de Utilidade Pública Municipal. Nesta mesma sessão, durante a Ordem do Dia, foi aprovado em primeira votação e por unanimidade de votos o Projeto de Lei 030/2017, de autoria do vereador Helio de Mello (PMDB), presidente da Casa de Leis. O referido PL dispõe sobre esta titulação. Quem tomou a fala na tribuna sobre o assunto foi a diretora vice-presidente da ADECSUL, Estela Mara Rosa.

Veja a seguir:


A ADECSUL
Segundo informações repassadas pela Diretoria, a Agência de Desenvolvimento das Regiões Sul e Centro Sul do Estado do Paraná (ADECSUL) é, como o nome já diz, uma agência de desenvolvimento de base territorial. Ela abrange os municípios da jurisprudência da Associação dos Municípios da Região Centro-Sul do Paraná (AMCESPAR), da Associação dos Municípios da Região Sul do Paraná (AMSULPAR) e, mais recentemente, também Guarapuava. Uma Agência é um instrumento legal da sociedade civil organizada, que tem por ofício articular competências e potenciais, e ajudar a conduzir o desenvolvimento regional.

A ADECSUL - ainda que como agência tenha uma gama maior de competências - nasceu do Turismo e, mais especificamente, do engajamento da organização do turismo na região abrangida com os Monitores de Turismo, por meio do Programa Nacional de Municipalização do Turismo (PNMT), desenvolvido durante a gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC).

Em 1994, o Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR) - hoje Ministério do Turismo - identificou 700 municípios com potencial para o Turismo, mas apenas 30 destinos eram identificados e comercializados. Os municípios precisavam transformar recursos em produtos e serviços. Em agosto de 1994, iniciou-se o processo de municipalização do turismo, com o incentivo das comunidades no envolvimento da atividade turística. 

As reuniões tiveram início na região abrangida hoje pela ADECSUL em 1996. Ao longo dos anos de 1997, 1998 e 1999, um grupo de pessoas envolvidos com a proposta de desenvolver o potencial turístico da região decidiu dar o start nesta Agência de Desenvolvimento’. Desde então, sua relação com o turismo na região nunca cessou. A ADECSUL foi instituída legalmente em 18 de fevereiro de 2000.

PNMRT
O Programa de Municipalização e Regionalização do Turismo (PNMRT) teve como principal objetivo promover a descentralização da atividade. A organização planejada do desenvolvimento da atividade no Paraná ocorreu no ano de 2003 através da Política Estadual de Turismo (2003 a 2007) e posteriormente através do Plano de Desenvolvimento do Turismo do Paraná (2008 a 2011).

“O turismo só existirá na cidade de maneira planejada e eficiente se os caminhos percorridos forem encontrados por seus moradores”. Esta era a base do PNMRT, uma visão de municipalidade e regionalização, onde tudo deveria se iniciar e se pensar por meio de uma gestão descentralizada e autônoma.

Em abril de 2003 foi realizada a primeira Oficina de Planejamento, em Curitiba, por iniciativa do Ministério do Turismo e da Coordenação Estadual do Programa, com a presença de representantes dessas dezoito regiões. Nesta Oficina, após um diagnóstico e análise da potencialidade de cada região, concluiu-se pela definição de (09) nove regiões turísticas: Litoral, Curitiba e Região Metropolitana, Campos Gerais, Oeste e Lindeiros ao Lago de Itaipu, Norte, Noroeste, Centro, Centro-Sul e Sudoeste, marcando o início do processo de regionalização do Paraná.

Em 2005 houve a institucionalização da Governança Regional e elaboração dos Planos Estratégicos de Desenvolvimento do Turismo Regional, ou seja, o reconhecimento da ADECSUL pelo Estado do Paraná. Nesta ocasião, cada região escolheu seu nome e ficou definido que nossa região seria a “Terra dos Pinheirais”.

Em 2013, após um estudo desenvolvido pela área de regionalização da Paraná Turismo, em parceria com as Instâncias de Governanças Regionais (IGRs), o Paraná ampliou de 09 para 14 o número de regiões turísticas. Cada uma delas possui uma Instância de Governança Regional reconhecida e institucionalizadas pela Resolução Nº 003/2017, da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo.

Em duas ocasiões, 2009 e 2012, fomos contemplados com recursos públicos via editais do Governo do Estado do Paraná. Nestas duas oprtunidades, elaboramos guias turísticos regionais, um portal na internet, e um banco de imagens regional.

Em 2013 a SETU informou que a IGRs deveriam obter a declaração de Utilidade Pública Estadual para captação de recursos via convênio e editais. Em 2014, a ADECSUL obteve a Utilidade Pública Estadual e também a Utilidade Pública Municipal nas cidades de União da Vitória e Rio Azul.

VEJA TAMBÉM:

CÂMARA DE IRATI - Sessão ordinária - 31/10/2017
TERRA DOS PINHEIRAIS - Instância de Governança Regional (IGR)
PARANÁ TURISMO - Mensagem da Diretora da IGR Terra dos Pinheirais
TURISMO - Entrega do Passaporte Turístico para a região Terra dos Pinheirais