Saúde pública em questão - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 18 de abril de 2015

Saúde pública em questão

Quando pensamos em saúde pública em nosso país uma mistura de sensações desagradáveis acaba por encobrir nosso imaginário. É comum vermos na mídia a situação deplorável em que se encontram muitos postos de atendimentos e hospitais brasileiros.

Ilustrativa
Faltam medicamentos, faltam leitos e em alguns casos falta o básico do básico, como um rolo de papel higiênico, por exemplo. A demanda pelos serviços de saúde é muito maior que a oferta, por isso, é tão corriqueiro vermos enormes filas de enfermos à espera de atendimento.

Na tentativa de amenizar e extinguir esses problemas, o município de Irati tem feito um alto investimento na área de saúde. A reforma de diversos postos de saúde  e da Santa Casa de Irati, a construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, na Vila São João, são algumas das melhorias que vem sendo realizadas em ações conjuntas entre Município, Estado e União.

Agora, a regulação dos serviços de consulta, atendimentos e internações é o próximo passo da Santa Casa para melhorar o sistema e oferecer um serviço de qualidade a população de Irati e região.
O Sistema Estadual de Regulação está sendo implantado em todos os hospitais do Paraná, assim o atendimento passa a ser mais ágil e eficiente, pois caso a Santa Casa de Irati não esteja apta a receber o paciente, outro hospital que possa realizar o atendimento receberá o mesmo.

Muitas vezes o problema da grande demanda de pacientes para uma oferta de serviços que não dá conta dos atendimentos se deve a falta de informação da população. Hoje, 70% dos atendimentos da Santa Casa de Irati deveriam ser feitos em postos de atendimento.

A população precisa se conscientizar de quais procedimentos deve procurar em cada local, já que a Santa Casa está destinada a atender apenas casos de urgência e emergência, além de internamentos. Portanto, qualquer sintoma que não ofereça risco a vida, deve ser destinado ao posto de saúde mais próximo.