Prédios Históricos da Região - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 21 de abril de 2015

Prédios Históricos da Região

Clube Polonês no início da década 1940
Em 1916, a Colônia Polonesa, necessitando de uma escola para suas crianças, fundou a Sociedade Independente, em polonês Towarzystwo Wolnosc. Localizava-se em uma pequena casa na Rua dos Operários e funcionava em dois turnos. Como o local era inadequado, uma nova sede foi construída no terreno doado por José Smolka.






A inauguração do prédio aconteceu no dia 03 de maio de 1923 e, além da sede, uma quadra esportiva foi construída. Um grupo teatral também era mantido pela sociedade e orientado pelos professores que eram todos poloneses.


Incêndio ao SBCI em 1962

No primeiro ano, 80 alunos foram matriculados na escola. O objetivo era organizar uma escola com o ensino da língua pátria polonesa, visando em conjunto leituras no idioma, conferências, palestras, criando e estimulando a interpretação de peças teatrais e a comemoração de datas festivas da pátria mãe. A instituição possuía biblioteca própria com livros, revistas e jornais de procedência polonesa.
A escola converteu-se em clube social, nas comemorações do dia 03 de maio a sede era enfeitada com as cores da Polônia. Os poloneses da cidade e os da Serra dos Nogueira vinham com suas carroças e cavalos enfeitados. A comitiva seguia para a festa na Igreja São Miguel e o evento terminava com o baile na sede Wolnosc.



Em 1937, o governo brasileiro proibiu idiomas estrangeiros no país, empresas e entidades foram obrigadas a traduzir suas denominações para o português. A Sociedade Towarzystwo Wolnosc, tornou-se Sociedade Beneficente Recreativa Educadora José Smolka. Em 1944, devido a queda dos eventos patrocinados pelo clube, a família Smolka exigiu a mudança do nome da entidade, passando a ser Sociedade Beneficente Cultural Iratiense, SBCI.
Escola Polono-Brasileira

Na década de 1950, o Clube Polonês, como ficou conhecido, abrigava a segunda geração de sócios que abriu espaço para manifestações da cultura brasileira, a entidade realizava pela primeira vez bailes carnavalescos.
As primeiras debutantes de Irati, no Clube Polonês, em 1950

Na presidência de Samuel Vink, em 1959, iniciou-se a construção de uma nova sede social. Inaugurada em 12 de novembro de 1960, com a presença do governador Moysés Lupion. Dois anos mais tarde, em 22 de julho de 1962, o prédio entrou em chamas. Segundo os bombeiros, a causa mais provável é a emissão de uma fagulha pelo trem.

A atual sede só foi construída seis anos depois. Nesse período surgiram os Grupos de Casais, que faziam intercâmbio com clubes de outras cidades, além das equipes de boliche e de bolão.
Na década de 1970, o clube abriu espaço para receber vários artistas de destaque nacional, como: Agnaldo Rayol, Moacyr Franco, Ângela Maria, Nelson Gonçalves e o rei Roberto Carlos.

Ana Paula Schreider/Hoje Centro Sul

 Fotos: Acervo Museu Municipal