Papai Noel dos Correios transforma sonhos de crianças em realidade - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Papai Noel dos Correios transforma sonhos de crianças em realidade

Neste ano, a campanha Papai Noel dos Correios completa 25 anos e é uma das maiores ações sociais natalinas do Brasil. O projeto envia cartas-resposta para as crianças que escrevem para o Papai Noel. Além de estimular a redação de cartas manuscritas pelas crianças, a campanha incentiva a solidariedade.

Silmara Andrade/Hoje Centro Sul
Em 2010, a campanha passou a contemplar, além das cartas gerais, as cartas de crianças de escolas, abrigos, núcleos socioeducativos e creches. Na cidade de Irati, neste ano, foram escolhidos o Centro Municipal de Educação Infantil Madre Tereza de Calcutá e a Escola Municipal Olaria Filipak, ambos do bairro Nhapindazal, e a entrega dos presentes ocorreu no dia 15, nas dependências da escola.
Fabiana Fátima Leite Dreunicki, gerente do Correio de Irati, comenta como acontece a escolha da escola. “Todo ano escolhemos uma escola diferente, a escolha é feita a partir de uma conversa com o Núcleo de Educação, em que eles sugerem o local mais indicado para ser realizado o projeto”.

Fabiana também conta que a campanha iniciou no começo do mês de novembro, quando as crianças escreveram as cartinhas para o Papai Noel pedindo o que gostariam de ganhar de presente de Natal.  Então, começou a busca por padrinhos que pudessem adotar uma cartinha e realizar o sonho de uma criança. Esta busca é feita pelos colaboradores do Correio, eles além de buscarem padrinhos também se tornam padrinhos dessas crianças.

Gisele Opata Zorek, diretora da Escola Municipal Olaria Filipak, que recebeu o projeto nesse ano, destaca o entusiasmo dos alunos. “É muita alegria, esse é o primeiro ano que as crianças estão recebendo os presentes que elas querem, então elas estão muito entusiasmadas”. Gisele também comenta que professores, funcionários e alunos ficaram muito felizes pelo fato da escola ter sido escolhida para receber a campanha, "já que as crianças são carentes e precisam muito desse carinho e dessa atenção que o Correio está trazendo".

Ao todo, foram 186 presentes entregues para crianças de 4 a 12 anos de idade. Os pedidos de presentes atendidos foram variados, entre eles estiveram cestas básicas, materiais escolares e brinquedos.

Eufóricos por não poderem abrir os presentes antes que a gerente terminasse de entregar para todos, muitos davam um jeitinho de rasgar um pedacinho do papel que embalava o mimo para sondar e assim diminuir um pouco a ansiedade.
 Assim que a gerente Fabiana autorizou que os presentes fossem abertos foi a maior alegria. As crianças não sabiam se abraçavam o presente ou se saiam correndo para mostrar a todos.  Era nítida a sensação de alegria presente no brilho dos olhos de cada uma das crianças.
Pequenas e inocentes, elas puderam sentir a alegria do Natal graças à solidariedade de pessoas que elas não conhecem e, para muitas delas, esse presente vai ser o único que receberão de Natal.

Um futuro artista

Meio desacreditado que estava recebendo aquilo que havia pedido na cartinha o garoto de camiseta azul foi receber o seu presente: um violão. Ele foi o último, porém um dos mais alegres. Quando abriu a caixa que embalava o seu grande sonho mal conseguia conter a euforia.  Ora passava os dedos para ouvir o som, ora abraçava o seu sonho meio sem acreditar que ele era real.

“Agora vou poder tocar as músicas que eu gosto”, disse o menino sonhando em ser um grande artista. Quem sabe uma vida não acabou de mudar através desse simples presente?

Texto e fotos: Silmara Andrade