Conselho Municipal de Saúde de Irati aprova o início das obras da UPA 24h da Vila São João - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Conselho Municipal de Saúde de Irati aprova o início das obras da UPA 24h da Vila São João

No último dia 10, quarta-feira, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Irati, na presença do prefeito municipal de Irati, Odilon Burgath, do secretário da saúde, Anderson Sprada, e outros secretários da Prefeitura Municipal de Irati, realizou sua última reunião em 2014.
Dentre os temas pautados para a reunião, foram discutidas a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h da Vila São João e as reformas e ampliações das unidades básicas de saúde (UBS) do município.

Letícia Torres/Hoje Centro Sul

UPA 24h da Vila São João

 O tema principal da reunião foi a construção da UPA 24h na Vila São João. Durante o encontro, o secretário da saúde de Irati, Anderson Sprada, apresentou os gastos, despesas e investimentos para a nova UPA.

Segundo o secretário, o prédio será classificado como tipo 1, com mais de 1 mil m2, podendo realizar até 150 atendimentos por dia. Para a construção da Unidade, o governo federal disponibilizou uma verba no valor de R$2,2 milhões, que deverá ser suficiente para a execução da obra, caso contrário, a Prefeitura Municipal de Irati deverá arcar com as despesas extras. Já para a compra de equipamentos, a equipe da Secretaria da Saúde estima um valor de R$450 mil, que já tem previsão orçamentária na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA), entretanto, na tentativa de poupar recursos próprios do município, ainda serão buscadas emendas parlamentares para a aquisição.

Depois de finalizada, segundo a estimativa apresentada ao Conselho Municipal de Saúde pelo secretário Anderson Sprada, a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h necessitará de investimentos municipais de R$ 4 milhões por ano. Com isso, em 2015, o percentual de recursos  destinados à área da saúde irá aumentar e deve atingir a casa dos 24%.

Ao final da reunião, os integrantes do Conselho de Saúde votaram, em decisão unânime, pela aprovação do início das obras da Unidade de Pronto Atendimento 24h da Vila São João.

Reivindicações

Durante toda a manhã do dia 10, os integrantes do Conselho Municipal de Saúde de Irati levantaram questões a respeito da construção da UPA 24h. Uma das reivindicações do conselho foi a respeito do projeto da Unidade, que, segundo os integrantes, ainda não foi aprovado. A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria Luiza dos Passos, explica que os integrantes decidiram apoiar a construção da Unidade, desde que as obras apenas sejam iniciadas após a aprovação completa do projeto. “Nós vimos o comprometimento dos responsáveis em sanar as dúvidas e ajustar nossas reivindicações. Apesar disso, iremos continuar fiscalizando e cobrando o que foi acordado aqui. Concordamos em aprovar, desde que só inicie após a total aprovação do projeto. Não podemos passar por cima da lei”, afirma.

Ainda segundo a presidente, que também destacou a situação das UBS no município, alertando para falta de materiais e servidores em algumas localidades, a expectativa para a área da saúde, em 2015, é positiva. “Nós esperamos que a área da saúde melhore e mais investimentos sejam aplicados. Além disso, esperamos que essa construção da UPA traga melhorias na vida das pessoas. Porém, sem esquecer a atenção primária à saúde”, completa.

Também presentes na reunião, integrantes do Observatório Social de Irati levantaram apontamentos a respeito da situação, como a projeção de gastos da Secretaria da Saúde para o próximo ano. Segundo os representantes do Observatório, os recursos destinados à UPA 24h da Vila São João não estavam previstos na primeira versão da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2015. Porém, ainda segundo eles, na sessão da Câmara de Vereadores de Irati do último dia 08, o substitutivo do Projeto de Lei nº 074/2014, com as devidas alterações, foi encaminhado ao Legislativo para aprovação.

Atual Pronto Atendimento 24h

Outra questão levantada na ocasião foi sobre o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento 24h do Centro. Segundo o prefeito Odilon Burgath, a unidade central deverá passar por uma reforma, em 2015, no valor de R$300 mil. O prefeito enfatiza que a UPA 24h do Centro irá funcionar normalmente, porém, dependendo da demanda no Pronto Atendimento após a abertura da UPA 24h da Vila São João, há um estudo quanto a possível transferência dos atendimentos para a Santa Casa após às 0h. “Há uma possibilidade dos atendimentos serem direcionados para a Santa Casa, mas só após uma conversa, pois não se sabe se eles terão condições ou interesse em abrigar esse tipo de serviço. Não há uma definição sobre isso. Se a UPA central fosse fechar, não haveria uma reforma programada. Estamos nos ajustando para que as duas coisas continuem funcionando da melhor forma possível”, afirmou. Entretanto, o prefeito ressalta que há previsão no orçamento 2015 para o funcionamento das duas unidades 24 horas.

Odilon Burgath ainda comentou a importância da localização da nova UPA. “É um investimento muito grande. Um espaço onde todos irão se surpreender. Em uma emergência, cada minuto é importante para a sobrevivência. Quem não tem carro, por exemplo, vai demorar a se deslocar até o centro. Ou seja, os moradores terão atendimento mais próximo de casa”.

Redes sociais

Ainda durante a reunião do dia 10, o prefeito Odilon Burgath demonstrou insatisfação com alguns comentários feitos à sua gestão nas redes sociais nas últimas semanas. “Hoje, com as redes sociais, muitas pessoas se manifestam sem realmente saberem sobre o fato. Se as pessoas tiverem dúvidas, podem se dirigir até a Prefeitura e solicitar os documentos e explicações. Além disso, também existe o Observatório, que está fiscalizando todas as nossas ações. Só quero ressaltar a minha insatisfação com essas pessoas que falam sem conhecimento de causa, que não participam dos eventos, não procuram as informações verdadeiras e ficam espalhando mentiras pela internet”, finaliza.

Kyene Becker