Política em questão - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 8 de novembro de 2014

Política em questão

Emiliano Gomes pede licença do cargo  

O vereador de Irati Emiliano Rocha Gomes (PSD) solicitou licença do cargo por um período de 49 dias, a partir de 04 de novembro, para acompanhar as famílias de três crianças que farão tratamento na Tailândia. As crianças Cesar, Ivonei e Thiago têm Distrofia Muscular de Ducheene e passarão por tratamento com células-tronco no Better Being Hospital.

Filipus assumirá como vereador   

Durante os dias em que Emiliano Gomes estará ausente, assume o cargo de vereador o ex-presidente da Câmara Municipal de Irati, Antoninho Filipus  (PSD). Este, recebeu 595 votos nas eleições 2012 e ficou como suplente da coligação PRP / PSD.  Será Filipus quem votará para a escolha da mesa diretora do Legislativo, que ocorrerá em dezembro. Entretanto, antes de se ausentar, Emiliano disse que indicou a  Filipus que vote em  Helio de Mello (PMDB) para presidente da Câmara Municipal no biênio 2015-2016.

Em defesa de Hélio de Mello

Dentre os argumentos utilizados por Emiliano Gomes para lançar e  para defender a candidatura de Hélio de Mello à presidência da Câmara Municipal de Irati, os principais foram: a experiência e o tempo disponível para representar o Poder Legislativo.  Helio, que é vereador há 14 anos, disse, oficialmente, que ficou surpreso e alegre com o apoio. Surpreso? Conta outra!

Regras da eleição

A eleição para a mesa diretora da Câmara de Irati, biênio 2015-2016, será a primeira com voto aberto. Serão escolhidos: presidente, vice-presidente, primeiro secretário e segundo-secretário, além dos respectivos suplentes. As quatro cadeiras têm de ser ocupadas por partidos diferentes e quem ocupa um cargo atualmente não pode tentar a reeleição.

Incentivo à doação de sangue

A Câmara Municipal de Irati aprovou, nesta segunda-feira (03), o Projeto de Lei 48/2014, do vereador Nei Cabral (PDT), que isenta os doadores de sangue da taxa de inscrição em concursos públicos municipais. Segundo o vereador, o objetivo é incentivar os cidadãos a serem doadores regulares de sangue. "Os hemocentros clamam pelo aumento de doadores de sangue, não precisamos ser especialistas na área de saúde para salvarmos vidas", afirmou Cabral.

Aprovado desconto de 10% no IPVA

Quem optar por pagar o  IPVA à vista em 2015 terá desconto bem maior. Ao invés dos habituais 5%, o desconto passará a ser de 10%.  A ampliação do desconto foi aprovada neste início de semana pela Assembleia Legislativa do Paraná e poderá beneficiar os proprietários dos 4.170.833 veículos registrados pelo Detran no Estado, em 2014. Os municípios recebem 50% do valor arrecadado com o IPVA, de acordo com o número de veículos emplacados em cada localidade.

Projeto polêmico

Tem dado muito o que falar em todo Paraná, o Projeto de Lei nº 434/2014, que prorroga o mandato dos atuais diretores e diretores auxiliares da rede estadual de educação básica.  Encaminhado pelo governador Beto Richa à Assembleia Legislativa (ALEP), o projeto levou muitos professores e integrantes da APP Sindicato à ALEP na semana passada e fez com que diversos deputados faltassem à sessão para que não houvesse o mínimo necessário de parlamentares para votá-lo. Entretanto, nesta terça-feira (04), o projeto foi aprovado por 32 votos favoráveis e 13 contrários, apesar dos protestos do público presente. 

Por Leticia Torres/ Hoje Centro Sul