Espaço da Cidadania em Irati será construído na travessa Frei Jaime - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 23 de novembro de 2014

Espaço da Cidadania em Irati será construído na travessa Frei Jaime

O município de Irati irá ganhar um novo espaço para socialização. Na sexta-feira (14), a Prefeitura Municipal, com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI), reuniu comerciantes e proprietários de empresas para apresentar o projeto do Espaço da Cidadania, que será construído onde se localiza, atualmente, a travessa Frei Jaime. O espaço contará com quiosques, bancos e um espaço para exposição de grafite. As obras devem ter início nesta semana e a previsão para conclusão é no primeiro semestre de 2015.

O prefeito de Irati, Odilon Burgath, explica que a proposta do espaço surgiu da necessidade da criação de novos locais para difundir a cultura e o turismo. “Essa ideia surgiu desde o início da gestão. Nós estávamos buscando novos pontos para difundir a cultura e o turismo. Nós sentimos que, na travessa Frei Jaime, o impacto na questão da mobilidade urbana seria menor, então, nos moldes que verificamos em outras cidades, decidimos que seria possível realizar um projeto no local, atendendo a todos os nossos anseios”, conta. O obra será realizada com recursos próprios do município e deve custar aos cofres públicos cerca de R$ 100 mil. O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI), Marcielo Isidoro Mazzochin, destaca que a construção de um espaço cidadão era uma reivindicação antiga da Associação Comercial e ressalta os benefícios para os comerciantes da área. “Há 2 anos, a Associação Comercial solicitou ao poder público que se criasse um espaço cidadão, onde as pessoas conseguissem expressar o lado cultural, realizar eventos culturais e políticos a céu aberto, pois hoje não temos um lugar para fazer esse tipo de coisa. Quando o espaço estiver pronto, muitos eventos serão realizados no local. Então, todas as pessoas que possuem ponto aqui Irão ganhar”, afirma.

O designer e um dos responsáveis pela elaboração do projeto do Espaço da Cidadania, Silton Dietrich, explica quais são os objetivos do projeto. “Nós não estamos focando na parte arquitetônica, nosso objetivo é a parte plástica, voltado para a cultura. Nossa intenção é que seja um lugar agradável e tenha funcionalidade, onde as pessoas possam conviver e passar os seus dias. Isso vai funcionar diariamente, fazendo parte do cotidiano dos moradores, mas também será utilizado em eventos marcantes”, completa.

O prefeito Odilon Burgath conta como o projeto será executado, destacando alguns pontos do projeto e como os moradores poderão utilizar a área. “Serão executados 300m2 de paver, iniciando da rua Alfredo Bufrem, passando pela travessa Frei Jaime, sentido Coronel Emílio Gomes. Futuramente, o local irá contar com quiosques, um obelisco, espelho d’água e bancos para descanço. Eu tenho certeza que vai ser mais um ponto atrativo para o turismo, a participação dos grupos culturais e o recebimento de autoridades. Eu estou muito satisfeito”, ressalta.

Apesar dos benefícios, alguns moradores se demonstraram contrários à construção da área, alegando que a obra poderá trazer problemas de mobilidade, segurança e vandalismo. Durante a apresentação do projeto, o prefeito Odilon Burgath garantiu que novos guardas municipais serão contratados e irão realizar rondas constantes na área. Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI), Marcielo Isidoro Mazzochin, caso a obra seja executada de forma correta, esses problemas não deverão existir. “Se tudo ocorrer conforme a Associação indicou, eu acho que a preocupação de muitas pessoas com relação à segurança e ao vandalismo não terá fundamento”, finaliza.

Kyene Becker/Hoje Centro Sul