Simepar e Defesa Civil alertam para chuvas fortes a partir desta quinta-feira. - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Simepar e Defesa Civil alertam para chuvas fortes a partir desta quinta-feira.

Simepar e Defesa Civil alertam para chuvas fortes a partir desta quinta-feira.

O Instituto Simepar divulgou um alerta para a possibilidade de chuvas fortes nas regiões Sul, Sudeste e Oeste do Paraná a partir desta quinta-feira (26), a qualquer hora do dia. A Defesa Civil já divulgou um alerta às cidades que podem ser afetadas e pede o monitoramento contínuo dos municípios que ainda sofrem com as consequências das fortes precipitações do início do mês. 

“A atenção especial é com União da Vitória, onde as enchentes foram mais severas”, alerta o tenente PM Marcos Vidal da Silva Júnior, da Defesa Civil. “Existe a possibilidade de alguma elevação do Rio Iguaçu, mas que não deve ser brusca. Como a redução do nível do rio está mais estável, esperamos que essa situação se mantenha”, afirma. 

Nas últimas semanas, o nível do Rio Iguaçu, em União da Vitória, chegou a 8 metros, enquanto a média é de 2,5 metros. De acordo com a Defesa Civil, que faz um monitoramento constante da região, o nível está hoje um pouco acima dos 6 metros, o que possibilita o retorno das famílias atingidas a suas residências. “Temos feito um acompanhamento constante para saber até que ponto podemos liberar as pessoas para retornarem a suas casas, pois só fazemos isso se elas estiverem numa situação de segurança”, ressalta o tenente Vidal. 

Além das chuvas e alagamentos, a Defesa Civil também atenta a população para o risco de deslizamentos nas áreas próximas a morros e encostas. “É importante que quem mora nestes locais faça um acompanhamento. Se observarem que as árvores começam a ficar inclinadas, escutarem barulhos fortes de deslizamento ou verem rachaduras em seus terrenos, devem informar imediatamente a Defesa Civil e não esperar algo acontecer”, afirma o tenente. 

O contato com a Defesa Civil pode ser feito pelo 199 ou no (41) 3210-2707. 

PLANO DE CONTINGÊNCIA – Em 2013, a Defesa Civil passou a elaborar um Plano de Contingência junto com os municípios, que reúne as informações das regiões de tensão, contato dos responsáveis para situações de emergência e os recursos disponíveis em cada cidade. O documento permite que os municípios façam um monitoramento das questões meteorológicas e das possíveis consequências para a população. 

“Com o Plano de Contingência, temos a noção de quem é responsável por cada ação de resposta e de acompanhamento durante um desastre”, explica o tenente Vidal. “Com isso, conseguimos contatar e acionar as pessoas muito mais rapidamente. A resposta na hora é muito mais rápida e nós conseguimos salvaguardar as pessoas muito melhor”, completa. CHUVAS – De acordo com o Simepar, deve chover de 100 mm a 150 mm (equivalente a 30 dias de chuva) entre sexta-feira e sábado no Oeste, Sul, Centro, e Sudeste do Estado. As regiões devem ficar atentas com a elevação dos níveis dos rios por causa do grande volume de precipitação em um curto espaço de tempo. 

No Noroeste, Campos Gerais e na Região Metropolitana de Curitiba as instabilidades são isoladas, não cobrindo grandes áreas. 



Fonte: Agência Estadual de Noticias