Prejuízos com enchente em Irati já ultrapassam os R$10 milhões, afirma prefeito - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 8 de junho de 2014

Prejuízos com enchente em Irati já ultrapassam os R$10 milhões, afirma prefeito

Em entrevista coletiva na manhã deste domingo, 08, o prefeito Odilon Burgath afirmou que os prejuízos ocasionados pelos alagamentos já superaram os R$10 milhões. Segundo ele, essa já é a maior enchente registrada no município. "Os registros aqui provam que esta é a maior enchente que nós iratienses enfrentamos". O governo estadual e federal estão colaborando com doações.

Nos bairros, muitos moradores protestaram e reclamaram sobre o projeto da dragagem em pontos críticos, que iniciou neste ano, mas ainda não foi concluído. O prefeito Odilon ressaltou que o atraso das obras deve-se aos contratempos com o Conselho Municipal do Meio Ambiente e ALL - empresa responsável pela frota de trens. "Essa dragagem já iniciou esse ano conforme o previsto, só que foi realizado 1km e no decorrer da execução do projeto, o Conselho do Meio Ambiente apontou algumas correções que deveriam ser feitas e a ALL apontou situações, fez uma requisição pra que a dragagem fosse realizada não próxima à linha férrea, mas do outro lado do rio", afirmou. O prefeito explicou ainda que as obras devem ser retomadas dentro de 15 dias e a previsão de entrega é de Agosto à Setembro, caso não haja nenhum imprevisto.



Segundo informações oficiais, houve o acúmulo de 284mm de chuva em 36 horas. Ainda há previsão para mais 85mm hoje. O estado de emergência ainda permanece. A partir das 13h, mutirões de apoio irão visitar os bairros e iniciar o processo de limpeza. "Nós vamos superar isso, nós já superamos em outras ocasiões, somos um povo guerreiro", afirma Odilon.

O chefe da 4ª Regional da Saúde, João Almeida Júnior, conta que o governo estadual liberou reforços de vacinas. "Um caminhão com vacinas antitetânica, H1N1 e Tamiflu já saiu de Curitiba e a previsão de entrega é 15h", diz. Ainda segundo ele, houve a liberação da vacina H1N1 para todos os iratienses. O helicóptero da Secretaria da Saúde estadual foi cedido para a cidade realizar transferências de urgência.

Ainda segundo o chefe da 4ª Regional, a preocupação é com o surto de leptospirose e tétano. "Nós sabemos que muitos animais saíram de bueiros, saíram de lixos. Nossa preocupação é com as pessoas que podem ficar doentes pela água contaminada".

As seguintes escolas municipais não terão aula: Escola Municipal Tancredo Martins, Escola Municipal Matilde Nascimento (Pequeno Duque), Escola Municipal Anciutti Pessoa e demais escolas que tem acesso impossibilitado. O prefeito explicou que haverá uma reunião para estipular um novo prazo de retorno às aulas. "A partir do momento que esteja tudo limpo, adequado, em condições, de acesso para que as crianças voltem as aulas, a gente vai noticiar". A Guarda Municipal pede para que as pessoas não saiam de casa para ver os alagamentos, pois podem atrapalhar o atendimento das equipes. Eles ainda ressaltam que irão multar quem intervir no trabalho das equipes de apoio.

A empresa responsável pelo abastecimento de água e saneamento de Irati pede para que os moradores economizem água. Há risco de falta de água nos próximos dias.  

Texto: Kyene Becker/Hoje Centro Sul
Fotos: Zilma Schindler/Hoje Centro Sul