Diversas estradas rurais de Irati estão intransitáveis - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 14 de junho de 2014

Diversas estradas rurais de Irati estão intransitáveis

Os danos que ocorreram nas estradas rurais de Irati, em virtude das fortes chuvas dos dias 06, 07 e 08 são significativos, o que têm prejudicado a vida dos agricultores iratienses.

Em algumas localidades, como em Faxinal dos Neves – situada há mais de quarenta quilômetros da sede do município –  alguns produtores rurais estão impossibilitados de chegar até as roças para efetuar a colheita.

O produtor rural Nestor Burack conta que a estrada que dá acesso a sua lavoura de milho e verduras orgânicas ficou intransitável. Houve desmoronamento de encostas dos morros e das bases da estrada rural, que cedeu e mudou de lugar – ficando a cerca de quatro metros do traçado original. Com isto, em muitos pontos, formaram-se degraus e crateras.

Burack comenta que precisará do apoio do Maquinário da Prefeitura Municipal de Irati para poder restabelecer a rotina normal de trabalho e não perder o milho que plantou na área, atualmente, isolada. “ Tô com o milho sem quebrar, não passa na estrada pra cima”, afirma o agricultor, contando ainda que há outros produtores que também utilizam a estrada para ter acesso as suas lavouras.

No último dia 12, em entrevista coletiva, o prefeito Odilon Burgath anunciou que o Rodeio de Irati foi cancelado para que os serviços do poder público e os equipamentos do Parque de Máquinas se concentrem no apoio às famílias atingidas pelas fortes chuvas.
E não se trata apenas do investimento financeiro que estava destinado às festividades. As mesmas máquinas que seriam necessárias para deixar a estrutura do CTG apropriada para o Rodeio têm de ser utilizadas nos trabalhos nas estradas rurais.

Na localidade de Faxinal dos Neves, o maquinário do Município será essencial para reconstruir as estradas.

O agricultor Nestor Burack é um dos iratienses que ficou satisfeito com a decisão de Burgath em concentrar esforços para dar atendimento às pessoas que moram em áreas atingidas pelas chuvas e não em festividades. “Em primeiro lugar as estradas para tirar  os produtos [e não a festa do Rodeio]”, finaliza o agricultor.

A equipe do Jornal Hoje Centro Sul esteve no Faxinal dos Neves no dia 13/06/2014 e conversou com várias pessoas lá, entre elas a esposa do Sr Nestor, D. Margarida. Todas afirmaram a nossa equipe que o corrido se deu devido às chuvas torrenciais  dos últimos dias.

Texto e fotos: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul