Palmeira - Parlamento Jovem aprova 15 proposições - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 4 de maio de 2014

Palmeira - Parlamento Jovem aprova 15 proposições

Cerca de 60 estudantes do 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Professor Eurides Teixeira de Oliveira assistiram, nesta quinta-feira (24), a 2ª Sessão Ordinária do Parlamento Jovem. Neste mês, 15 indicações foram propostas e aprovadas pelos vereadores juniores de Palmeira. Das 12 proposições aprovadas pelo Programa em março, todas foram utilizadas pelo parlamento convencional através dos vereadores padrinhos que encaminharam para o Executivo Municipal as demandas trazidas pelos estudantes.

O vereador jovem Johann Fabricius Vogt fez um requerimento à Secretaria Municipal de Educação, solicitando informações sobre a falta de professores na Escola Municipal Ida Albach, situada na localidade de Quero-Quero, bem como e quando a situação será resolvida.

O presidente do Parlamento Jovem, Alcenir Teixeira Kuhn solicita prefeito municipal que determine ao setor competente, melhorias na Rodoviária Municipal, como por exemplo, a reforma nos banheiros, arborização, iluminação, bancos para usuários e as demais melhorias necessárias no prédio, ao entorno e proximidades. Kuhn solicitou também a limpeza de um poço freático localizado em Faxinal dos Quartins entre o posto de saúde e a Escola Flávio Santos.
Ainda de Kuhn a sugestão ao prefeito que determine ao setor competente, a instalação de iluminação no campo de futebol situado na localidade de Água Clara e a construção de uma cozinha e refeitório ao lado do Ginásio Durval Antônio de Freitas e/ou Sebastião Amâncio dos Santos.
Gustavo Kapp Hartman indica ao Departamento de Obras e Infraestrutura, a construção de ciclovia ás margens da PR 151, na extensão que compreende a localidade do Lago. O vereador jovem solicitou também à Secretaria de Obras e Infraestrutura, que seja realizada operação tapa buraco na rua Araldo Manoel Erichsen, localizada no Bairro Jardim Cristine.

A vereadora jovem Letícia Stephani Guimarães solicita à Secretaria de Obras e Infraestrutura, que seja realizado o patrolamento e cascalhamento na estrada que se inicia em frente à Igreja Nossa Senhora Aparecida, até a propriedade do Senhor Evaristo França, na localidade de Volta Grande, neste Município.

Já o vereador Mateus Rain fez duas indicações, ambas para a Secretaria Obras e Infraestrutura, a primeira para realização de pavimentação asfáltica na Rua Diogo Antônio de Freitas, entre as ruas Coronel Otonni Maciel e Santos Dumont, e a outra para que seja feita limpeza no acesso e na ponte sobre o Rio Monjolo que tem início na Rua Moisés Marcondes, e dá acesso à Vila Rosa, bem como a instalação de iluminação e colocação de grade de proteção na ponte.

Amanda Rigoni Baptista indicou ao prefeito municipal ver da possibilidade de asfaltar as ruas Tadeu Bruginski, Maria Jamur, Asad K. di Kardush e continuação da Rua Santos Dumont em direção ao loteamento Wolla Bruzinska.

Aprovada também a indicação de Louise Amanda G. Zittel à Secretaria de Obras e Infraestrutura, para que seja realizada a revitalização da quadra de basquete localizada em frente a Escola Municipal na Colônia Witmarsum. Proposta pela vereadora, aprovada também a solicitação de troca de lâmpadas de iluminação pública, na Rua Peter Duck e na Avenida Ernesto Geisel, localizadas na Colônia Witmarsum.

A vereadora jovem Andressa Iachinski solicita à Secretaria de Obras e Infraestrutura, que realize serviço de jardinagem juntamente com a Escola Municipal Nossa Senhora do Rocio, em frente a escola, localizada no Bairro Rocio II. Enquanto Polyana Muchinski Grochevski solicita à Secretaria de Obras e Infraestrutura, que realize o patrolamento e cascalhamento da rua que dá acesso à Vila Monjolo.

NRE envia participante
 A coordenadora de Educação Básica do Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa (NRE), Sabrina Silva de Souza, que assistiu toda a reunião, disse que a iniciativa da Câmara Municipal vem de encontro com a necessidade de politização do país e nada melhor do que ter início de maneira descentralizada nos municípios. Ela comenta que leu todas as proposições e ficou surpresa com o fato das demandas das localidades serem defendidas pelos jovens com tanto conhecimento sobre o que estavam propondo.

“Em uma primeira impressão, o Parlamento Jovem de Palmeira, juntamente com as escolas cumprem um papel transformador na sociedade, gerando além do aprendizado destes jovens, o debate das demandas pela comunidade escolar”, disse.

Edson Gil Santos Júnior/Câmara de Palmeira