Servidores não farão paralisação enquanto tentam negociar - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Servidores não farão paralisação enquanto tentam negociar


Em assembleia geral realizada na noite de 30 de abril, os servidores públicos municipais de Irati decidiram manter o “estado de greve”, mas sem deflagrá-la.
Com isto, não haverá paralisação ainda. Ocorrerão novas tentativas de negociação com o Executivo, no período de uma semana. Depois deste período, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Irati( SISMI) presidido por José Bodnar, deverá convocar nova assembleia.

Na assembleia do dia 30, o prefeito Odilon Burgath (PT), que afirma não estar pressionado,  apresentou proposta de reduzir em pelo menos 10% os cargos comissionados já no mês de maio e avaliar, a partir de setembro (quando vence a última parcela do IPTU), se houve incremento na arrecadação para que a data-base seja dada aos servidores. Nesta data, também seria definido o percentual, de acordo com a proposta do Executivo.
A proposta não foi aceita pelos servidores que, em votação optaram por manter o estado de greve. Outras decisões tomadas foram o cancelamento da mobilização que ocorreria neste dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, e a definição de nova data para o protesto. Os funcionários municipais deverão se reunir na quarta-feira, dia 07 de maio, às 10h00 para a mobilização.

Texto e fotos: Letícia Torres

Confira a reportagem completa na edição impressa do Jornal Hoje Centro Sul.