Secretaria de Assistência Social faz mobilização contra cultura machista - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Secretaria de Assistência Social faz mobilização contra cultura machista

Recentemente, o Instituto de Política Econômica Aplicada (Ipea) divulgou uma pesquisa em que 61,5% dos entrevistados acreditam que "mulher que mostra o corpo merece ser atacada". Em resposta, a Secretaria Municipal de Assistência Social organizou nesta quinta-feira, 03, uma mobilização contra o machismo, na qual a equipe da Secretaria discutiu a problemática.
Secom Prefeitura de Irati

A Secretaria de Assistência Social através de seus programas e equipamentos (Centro de Referência de Assistência Social [Cras];  Centro de Referência Especializado de Assistência Social [Creas]; Serviço de Acolhimento Institucional, Unidade Proteção Social Básica, Cad Único, Departamento Habitação, entre outros) atende grande demanda de mulheres vítimas de violência e abuso sexual.
“A luta pelo fim da cultura machista é cotidiana nas ações da Secretaria, pois entendemos que a naturalização do machismo em nossa sociedade está perpetuada, impregnada, causando consequências graves e violentas contra a mulher. Nada justifica a violência, nada justifica violentar uma mulher pela roupa que ela está usando ou qualquer motivo que seja. Percebemos que além de homens, mulheres têm visões preconceituosas e machistas que deveriam ser repensadas em defesa à dignidade humana”, destaca a equipe da Secretaria.

A violência é um ciclo que deve ser rompido e um dos meios para isso é através da informação e prevenção. Esse rompimento deve acontecer dentro das relações familiares e sociais, com a mudança na forma de pensar, de ver o próximo e também aprender a respeitar a todos, independente da forma como se veste, raça, cor, orientação sexual, religião, etc. “Estas manifestações devem ser entendidas como passos primordiais que podem nos levar a uma sociedade livre de preconceitos, da cultura machista e, consequentemente, menos violenta”, finalizam os integrantes da Assistência Social.

Secom Prefeitura de Irati