Sessão Câmara 17/03/2014 na íntegra - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 19 de março de 2014

Sessão Câmara 17/03/2014 na íntegra



Com uma extensa Ordem do Dia e algumas discussões a cerca dos projetos de lei, a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Irati, realizada no último dia 17,  transcorreu de maneira tranquila. A palavra livre foi utilizada por quatro vereadores que discorreram sobre diversos assuntos, que envolvem diretamente a população iratiense.

Antes de dar início aos trabalhos da Sessão, o 2º suplente da Coligação PRP/PSD, Leomar Jacumasso, prestou seu compromisso e tomou posse do cargo, em razão da vaga deixada pelo vereador Antonio Celso de Souza, licenciado para tratar de interesses particulares.
O expediente dispôs de alguns ofícios do Executivo e de diversos, além da leitura de dois novos Projetos de Lei do Legislativo. São eles: PL nº 006/2014 de autoria do vereador Emiliano Rocha Gomes, o qual institui a Semana Municipal do Ciclismo no calendário do Município de Irati e dá outras providências e o PL nº 007/2014, do parlamentar Rafael Felipe Lucas, o qual proíbe qualquer cidadão de jogar lixo nos logradouros público, nos limites do Município de Irati. Em torno de 10 requerimentos também foram apresentados pelos legisladores, muitos relacionados às más condições das estradas rurais.

Ordem do dia
Em segunda votação foram aprovados os PLs nº 008/2014, que autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 600.000,00; nº 009/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 165.000,00; nº 010/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 23.000,00; nº 011/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 600.000,00; nº 012/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 23.300,00; nº 013/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 50.000,00; nº 014/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional suplementar na importância de até R$ 30.000,00 e por fim o PL nº 015/2014, o qual autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 4.060,00. Do Legislativo foram aprovados em segunda votação também os PLs nº 002/2014 de autoria do vereador Emiliano Gomes, o qual estabelece diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade e o nº 003/2014, do parlamentar Rafael Lucas, que institui o Projeto Adote um Bicicletário.
 Em primeira votação foram aprovados os PLs nº 016/2014, que autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 152.000,00; nº 017/2014, o qual autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 158.400,00; nº 018/2014, autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 1.904.570,00; nº 019/2014, autoriza o Executivo Municipal a receber em doação benfeitorias de pavimentação asfáltica de aproximadamente 200,00 m², na Rua Francisco Silva Ferraz dos Santos e o PL nº 020/2014, que autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder subvenção a ASI – Associação Santos Inocentes – Cidade da Criança, no valor de até R$ 47.600,00. Do Legislativo foi aprovado o PL nº 005/2014 dos parlamentares Antonio Celso de Souza, Amilton Komnitski e Rafael Felipe Lucas, o qual denomina a Rua nº 1 do Loteamento Residencial Cartom na Vila São João, como Basílio Chylajenko.

PALAVRA-LIVRE
    Quatro vereadores fizeram uso da palavra-livre. Leomar Jacumasso discorreu sobre a falta de fiscalização e valorização da classe dos taxistas. “Hoje Irati dispõe de muitos taxistas clandestinos, visto que em 13 anos de profissão, nunca presenciei uma fiscalização na área. Além disso, não há na cidade uma padronização dos táxis, dos pontos e nem nos preços das corridas. Todos pagamos impostos, mas não temos nossos direitos reconhecidos. Isso acaba gerando até mesmo a insegurança dos iratienses que utilizam táxis sem identificação nenhuma. “Solicito ao Executivo mais atenção neste sentido, para que haja realmente uma maior fiscalização”, conclui.

Rafael Felipe Lucas utilizou a palavra para falar sobre o tema Segurança Pública. De acordo com ele, há alguns anos não era comum ouvir nos noticiários as barbáries que estão ocorrendo hoje. “Antes qualquer fato era motivo de grande repercussão nas cidades. Atualmente, os casos graves já não são mais temas de discussão no dia-a-dia, pois estamos acostumados a ver pessoas perdendo a vida por coisas materiais ou pequenas discussões. Isso não vem acontecendo somente em Irati, mas em todo o mundo”, frisou Lucas dizendo que já passou da hora de iniciarmos uma longa discussão em Irati, com um planejamento integrado. “O município precisa estreitar os laços com as polícias e o corpo de bombeiros. Precisamos ter um foco maior na educação sobre segurança, conversar com as crianças de que modo a sociedade vai conseguir ser saudável, com ações integradas nas escolas. Precisamos receber recursos do Pronasci, para que possamos ampliar ainda mais o nosso Conselho de Segurança”.

Vilson Menon retornou da licença e usou a palavra para falar sobre diversos assuntos. Lembrou o projeto do lixo, que foi reprovado pela Câmara, por tratar-se de um PL incoerente, sobre o aterro sanitário, sobre a falta de comunicação entre os secretários, vereadores e a população. “Por exemplo, o carnaval realizado na Carlos Thons e na Munhoz da Rocha, recebi inúmeras reclamações dos empresários e comerciantes a respeito, por falta de comunicação entre o Executivo e o povo”, criticou.

     Para encerrar os discursos da noite, José Renato Kffuri agradeceu ao Executivo pela inauguração demais uma ala na área da saúde, unindo a partir de agora as consultas especializadas, o TFD (Tratamento Fora Domicílio) e os exames a serem liberados. Além disso, segundo ele, trata-se de uma área ampla, bem arejada. “São três funcionários atendendo as consultas especializadas, três no TFD, uma no Departamento de Transportes e mais um que fica apenas informando e orientando os pacientes”, afirmou Kffuri dizendo que daqui duas ou três semanas a área da saúde vai ganhar também uma sala específica para curativos, com todo material esterilizado e enfermeiros a disposição. “Agradeço mais uma vez ao Odilon pelas ações concretizadas na área da saúde”.

Vídeo: Sergio Popo
Texto: Assessoria CMI
Foto: Ciro Ivatiuk