Paraná vence Prudentópolis com facilidade - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Paraná vence Prudentópolis com facilidade

O resultado recolocou o Paraná no G-8 do Campeonato Paranaense. A equipe comandada por Milton Mendes ocupa a 6ª posição com nove pontos

Rodrigo Zub/Najuá

Na noite fria e chuvosa de domingo, 16, na Capital do Estado, o Paraná Clube soube tirar proveito das condições climáticas para vencer o Prudentópolis com certa facilidade. O gramado encharcado da Vila
© Hugo Harada / Gazeta do Povo
Capanema serviu como arma para o Tricolor explorar as jogadas de bola parada. Assim nasceram dois gols marcados por Brinner e Fernando Gabriel. No segundo tempo, o artilheiro Giancarlo fechou a conta e garantiu a segunda vitória consecutiva para o time paranista.

O resultado recolocou o Paraná no G-8 do Campeonato Paranaense. A equipe comandada por Milton Mendes ocupa a 6ª posição com nove pontos. Por outro lado, o Prudentópolis fecha a zona de classificação para a próxima fase da competição no 8º lugar com sete pontos.

No meio de semana, os clubes voltam a entrar em campo. O Paraná viaja para Arapongas enfrentar a equipe da casa. Já o Tigre tenta a reabilitação diante do Operário. O confronto contra o time ponta-grossense acontece na quarta-feira, 19, às 19h30, no estádio Newton Agibert.


Jogo

Nem mesmo o calor humano de quase 50 torcedores que viajaram cerca de 200 quilômetros para apoiar o Prudentópolis serviu como combustível para engrenar o time comandado por Joel Preisner e Ivair Cenci. Desde o início da partida, o Paraná mostrou mais disposição e comandou as ações da partida. Aos 3 minutos, Ricardo Conceição ganhou dividida no meio campo e rolou para Paulo Oliveira. O camisa 7 paranista rolou para Giancarlo, que foi travado no momento da conclusão. O atacante Tricolor teve nova chance após cobrança de falta de Lúcio Flávio, mas novamente desperdiçou a chance de abrir o placar. Se a principal esperança de gols do treinador Milton Mendes decepcionou, Brinner foi ao ataque e fez o papel de um autêntico atacante. Aos 12 minutos, Fernando Gabriel cobrou falta com força em direção ao gol do Prudentópolis. O goleiro Marcos Paulo falhou e rebateu nos pés do zagueiro paranista, que só teve o trabalho de empurrar para as redes e comemorar seu primeiro gol na competição.

Inoperante o ataque do Prudentópolis tentou a primeira finalização somente aos 16 minutos com Luciano. Ele tentou o arremate de perna esquerda, mas mandou longe do gol de Marcos. Mais agressivo o Paraná não tinha dificuldades para recuperar a bola e levava perigo nas jogadas pelas laterais. No entanto, a bola parecia ser a principal arma dos donos da casa. Fernando Gabriel novamente apareceu aos 26 minutos. Em cobrança de falta, ele arrematou sobre o gol de Marco Paulo. No minuto seguinte, o Paraná recuperou a bola no campo ofensivo, mas Ricardo Conceição bateu torto e perdeu boa oportunidade.

Aos 31 minutos, a arbitragem prejudicou o Prudentópolis. Após lançamento longo, a defesa e o goleiro do Paraná bateram cabeça e deixaram Luciano ganhar na velocidade. O atacante prudentopolitano tentou a finalização para o gol de perna direita, mas chutou sem direção pela linha de fundo. Porém, o camisa 9 do Tigre recebeu uma trombada do goleiro Marcos- fora da área- lance ignorado pelo árbitro Leandro Barros Nunes, que mandou o jogo seguir para desespero dos atletas do Prudentópolis.

O Paraná chegou novamente com perigo em cobrança de escanteio de Lúcio Flávio aos 38 minutos. O meio campista levantou para a área e Briner cabeceou para a defesa de Marcos Paulo. Pouco depois, o Tigre respondeu em uma cobrança de lateral de Marcio. O zagueiro do Prudentópolis arremessou a bola com força na área. Cabixi ajeitou e Thiago Henrique desviou  de cabeça para a defesa tranquila de Marcos.

No fim do primeiro tempo, a bola parada novamente fez a diferença em favor do Paraná. Um dos destaques do jogo, Fernando Gabriel tentou em cobrança de falta, mas acertou a rede pelo lado de fora, aos 42 minutos. Em seguida, ele teve nova oportunidade e desta vez não desperdiçou. Lúcio Flávio cobrou escanteio para a área e Giancarlo deu um leve desvio na primeira trave. Livre de marcação, Fernando Gabriel apenas complementou de cabeça e fez o segundo gol paranista.
Para tentar uma reação e melhorar a produção do sistema ofensivo, os treinadores do Prudentópolis resolveram mexer em dose dupla na volta para o segundo tempo. Bruno Guerreiro e Luciano deixaram o campo para as entradas de Irineu e Wellington.

As mudanças deixaram o Tigre mais ofensivo. Desta força, os primeiros minutos de bola rolando na segunda etapa mostraram o “Prude” mais agressivo e pressionado o rival. Aos 9 minutos, Irineu levantou para a área e obrigou Marcos a interceptar o cruzamento.

Mesmo com mais posse de bola os visitantes tiveram dificuldades de entrar na defesa paranista. Por sua vez, o Paraná definiu a partida na primeira jogada trabalhada no segundo tempo. Paulinho Oliveira deu a assistência para Giancarlo, que dominou e chutou sem chances de defesa para Marcos Paulo, aos 17 minutos.
O terceiro gol do Paraná diminuiu o ímpeto do Prudentópolis e esfriou o clima da partida. Satisfeito com o resultado, os donos da casa passaram a administrar a vantagem, enquanto que o Prude mostrava que não tinha forças para reverter o resultado. Aos 29 minutos, Fernando Gabriel quase fez o quarto gol, mas chutou pela linha de fundo. Três minutos depois, Giancarlo ganhou da marcação, girou e finalizou rente a trave de Marcos Paulo.

O Prudentópolis respondeu com Cabixi, que teve a chance de marcar o gol de honra do Tigre. Ele se livrou da marcação e já dentro da área chutou para fora. A última oportunidade do jogo foi de Irineu, que cobrou uma falta na barreira, aos 44 minutos.

A vitória paranista foi à terceira na competição, sendo a segunda consecutiva. Já o Prudentópolis teve seu terceiro resultado negativo em seis jogos.

Ficha Técnica:
PARANÁ CLUBE 3 X 0 PRUDENTÓPOLIS

Local: Estádio Durival Britto (Vila Capanema) em Curitiba
Data: 16/02/2014 - Domingo
Horário: 18h30
Árbitro: Leandro Barros Nunes
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Jeferson Cleiton Piva da Silva
Gols: Briner 11 e Fernando Gabriel aos 44 minutos do primeiro tempo, Giancarlo aos 17 minutos do segundo tempo.

PARANÁ: Marcos; Toty, Brinner, Naylhor (Júnior Lopes) e Breno Lopes; Cambará, Ricardo Conceição (Elyeser), Paulinho Oliveira, Lúcio Flávio (Paulinho) e Fernando Gabriel; Giancarlo. Técnico: Milton Mendes

PRUDENTÓPOLIS: Marcos Paulo; Luizinho, Márcio, Spice e Biro Biro; Sorbara, Doriva, Bruno Guerreiro (Irineu) e Luciano (Wellington); Thiago Henrique (Danilo) e Cabixi. Técnico: Ivair Cenci e Joel Preisner