Conjunto Habitacional Joaquim Zarpellon terá Centro de Artes e Esportes Unificados - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Conjunto Habitacional Joaquim Zarpellon terá Centro de Artes e Esportes Unificados

Praça de Esportes e Cultura (PEC), agora denominada Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), compõe o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) do Governo Federal.


O objetivo do CEU é integrar num mesmo espaço físico, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, especificamente em territórios de grande vulnerabilidade social.

Em Irati, as obras do CEU, localizado no Conjunto Habitacional Joaquim Zarpellon, na Vila São João, estão paradas desde o ano passado, devido à desistência da empreiteira executora, Construtora Stafin.
O Superintendente da Caixa Econômica Federal, Luis Henrique Borgo ressaltou as qualidades do programa. “Estudos mostram, e a gente tem esses dados na superintendência, que essa praça de esporte e lazer, inclusive diminui o índice de criminalidade na região, os jovens carentes começam a praticar esportes, leituras, informática, e ela os absorve e acaba por diminuir a criminalidade,” diz Borgo.
Cleide Andrade, gerente de convênios do setor de Planejamento da prefeitura, afirma que até março as obras poderão ser retomadas.
A liberação do desbloqueio de recurso para o pagamento da empreiteira pela Caixa Econômica Federal ocorreu em 20 de dezembro de 2013, depois que a instituição fez a medição do que fora executado. “A Caixa veio, verificou o que o empreiteiro tinha executado até o momento, e aí liberou o pagamento,” explica Cleide Andrade, que agora espera o andamento do processo licitatório para a retomada das obras.
Cleide ainda ressaltou que 53,71% da obra já foram executados, e que a obra só não havia continuado porque a empresa Construtora Stafin não solicitou a prorrogação da execução, atrelando essa obra às outras que a empresa não concluiu no município.
Para a continuação da construção do CEU, o projeto deverá ser enviado para a Câmara Municipal de Irati, para a aprovação da lei de abertura de crédito.

Kaio Ribeiro