POLÍTICA EM QUESTÃO - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

POLÍTICA EM QUESTÃO

Bons projetos
A qualidade dos projetos elaborados pela Prefeitura Municipal de Irati para buscar recursos junto ao Governo Federal foi elogiada pelo superintendente da Caixa Econômica Federal Luis Henrique Borgo. Ele destacou a eficiência da equipe da Secretaria de Planejamento. Sobretudo porque, proporcionalmente,  Irati teria conseguido “emplacar” mais projetos  que Ponta Grossa.

Serenidade
A serenidade  do prefeito Odilon Burgath diante dos problemas que tem de enfrentar como administrador público são marcantes. Ao ser informado sobre o problema de direção perigosa envolvendo funcionários responsáveis pelo transporte de pacientes, ele comentou imediatamente o que seria feito e até agradeceu a equipe de jornalismo do Hoje Centro Sul por lhe apresentar o caso. Nada de sujeira para debaixo do tapete.

Meio termo
Em Fernandes Pinheiro, Executivo e Legislativo não conseguiram chegar a um meio termo quanto ao percentual de recursos  dos orçamento a serem remanejados livremente. Em 2013, o montante foi de 40%, o que é bastante. Já para 2014, o percentual foi reduzido para 5%, o que burocratiza e dificulta a administração devido ao prazo legal de até 45 dias para aprovação de projetos de lei pelos vereadores.  O prefeito Oziel Neivert expôs sua opinião sobre o fato. Já o presidente da Câmara Municipal, Eliton Rosene Pabis, recusou-se a falar com a imprensa presente na sessão extraordinária do dia 15. Tentaram obter a opinião do presidente do Legislativo, o jornal Hoje Centro Sul  e as emissoras de rádio Najuá e Difusora.

Gleisi em Irati
Segundo lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT), a  ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffmann virá a Irati no dia 14 de fevereiro para participar a posse dos membros do diretório municipal. Um grande evento está sendo organizado  para reunir os integrantes do partido de todos os municípios da região Centro Sul.


Obras e congestionamento na BR 277


Os 11 quilômetros de duplicação  da BR 277, no Contorno em Campo Largo, têm causado  transtorno para aqueles que precisam trafegar pela via em certos horários. No domingo (19) à tarde, os motoristas enfrentaram congestionamento que durou cerca de uma hora e meia.
A obra que inclui  um viaduto, duas trincheiras e uma ponte está sendo realizada a toque de caixa, ou seja, os operários trabalham dia e noite. Atualmente, cerca de 80% dos serviços já estão concluídos  pela concessionária de pedágio RodoNorte.
Na Agência Estadual de Notícias, as obras são citadas com uma  parceria do Governo do Paraná com a concessionária RodoNorte. Vale até foto do governador junto aos trabalhadores, na página do colunista político Fábio Campana, que reproduzimos.

De Letícia Torres