ESTRADAS - Moradores do Interior cogitam Manifestação na Prefeitura - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 11 de junho de 2018

ESTRADAS - Moradores do Interior cogitam Manifestação na Prefeitura


"Se não melhorar em definitivo as estradas rurais, nós vamos nos mobilizar", citou em entrevista Junior Rodrigues, um dos organizadores de uma Manifestação que, anteriormente, estava marcada para esta terça-feira (12), em frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Irati - PR, e foi temporariamente suspensa.

Recentemente, circulou em diversos meios de comunicação de Irati a informação de que moradores de bairros e comunidades do interior, como Itapará, Colônia Gonçalves Júnior, Cerro da Ponte Alta, Água Mineral, Cadeadinho, Rio do Couro, Faxinal do Rio do Couro, entre outras localidades, estariam organizando uma manifestação em prol de melhorias nas estradas rurais do município. O ato estaria marcado para terça-feira (12/06), em frente ao paço. No entanto, em diálogo com membros da equipe de governo do Poder Executivo Municipal, ficou acordado junto aos organizadores que a manifestação está temporariamente suspensa, e que o Prefeitura deverá providenciar a manutenção dos trechos, conforme a reivindicação.

A equipe do Jornal Iratiin conversou com Junior Rodrigues, um dos organizadores da Manifestação. Veja a seguir a entrevista com Junior Rodrigues:

PREFEITURA
Na segunda-feira (11), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Irati encaminhou release sobre serviços realizados no interior, em localidades próximas às que foram citadas na entrevista. Segue o material recebido:

Nas últimas semanas, as Secretaria de Serviços Rurais paralisaram suas atividades em função da greve nacional, que afetou o abastecimento de combustível, e também pelas chuvas que impediram a readequação e cascalhamento das estradas. Para reorganizar o serviço, as equipes trabalharam no último fim de semana e prosseguem com os trabalhos em Gonçalves Junior sentido Itapará, nas localidades de Campina de Gonçalves Junior, Rio do Couro chegando ao Cerro da Ponte Alta.

O secretário de Serviços Rurais, Anselmo Stadykoski, esclarece que os serviços já haviam iniciado nestas regiões. “Nós havíamos feito o patrolamento nestes locais, mas a greve e depois, as chuvas, impediram a continuidade deste trabalho. Agora, retomamos e faremos a conclusão destes trechos até as condições climáticas nos permitirem”. Além dos serviços de reparos, uma cascalheira na localidade de Gonçalves Junior está fornecendo o material para o revestimento destes pontos.

No fim de semana, o prefeito Jorge Derbli esteve acompanhando estes serviços e, nesta segunda-feira (11) também se deslocou até estes locais para avaliar o que está sendo feito. “Nossa dificuldade foi principalmente em relação às chuvas que causaram vários atoladores nas estradas. Mas com a cascalheira perto, estamos conseguindo dar agilidade aos trabalhos. Temos muito serviço a ser feito, estamos trabalhando e nos esforçando para isso”.

OUTRAS FRENTES DE TRABALHO
Além destes locais entre Gonçalves Junior e Itapará, há frente de serviços em Governador Ribas e uma máquina está iniciando as atividades na região do Itapará, atendendo a Linha F de primeiro momento.

PRÓXIMAS COMUNIDADES ATENDIDAS
Finalizando um destes trabalhos, uma equipe fará reparos em pontos críticos no Cerro da Ponte Alta sentido Cachoeira do Palmital e em Pinhal Preto. Outra frente de trabalho seguirá para a comunidade de Cochinhos e mais uma equipe se deslocará para fazer a readequação na estrada principal do Pinho de Baixo.

45 PONTES NO INTERIOR
A Secretaria de Viação e Serviços Rurais atende 5 mil km de estradas no interior do município. Em 16 meses, foram construídas e reformadas 45 pontes, atendendo todas as regiões, como Água Clara e Barra do Gavião, Cadeadinho e Cachoeira, Monjolo, Água Fria, Linha B de Gonçalves Junior, Água Mineral e Linha Ordenança.

CASCALHO, BUEIROS E PATROLAMENTO
Foram extraídas, transportadas e aplicadas cerca de 12 mil cargas de cascalho para revestimento das estradas, somando 11 mil horas trabalhadas de máquinas. Até então, a Secretaria executou 3 mil km de patrolamento. Entre 2017 e 2018, foram feitos 2 km de bueiros novos e mil metros em tubos e mil metros em tubos reaproveitados.