Secretário Anselmo Stadykoski vai à Tribuna da Câmara - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 9 de março de 2018

Secretário Anselmo Stadykoski vai à Tribuna da Câmara

Secretário de Viação e Serviços Rurais explana sobre a pasta e vereadores fazem questionamentos e sugestões.

A convite da Casa, a Tribuna Popular da Sessão Ordinária do dia 6 de março foi utilizada pelo Secretário de Viação e Serviços Rurais, Anselmo Stadykoski, que discorreu sobre as conquistas, dificuldades, serviços e programações da pasta.

Veja o vídeo:

Segundo Anselmo, a Secretaria conta hoje com 38 funcionários e 23 equipamentos entre máquinas e caminhões. De acordo com ele, no início de 2017, quando assumiu a pasta, uma importante manutenção no maquinário foi realizada. “Foram feitos três novos motores de três patrolas e um motor de um caminhão britador. Nos primeiros dias de janeiro demos início também ao trabalho de readequação das estradas rurais. Hoje, é notável a diferença na conformidade das estradas do município, pois realizamos correção de greide no levantamento do eixo das vias, um trabalho que visa economia e maior durabilidade no material aplicado”, afirmou Stadykoski contando que trabalha neste setor há anos, “experiência adquirida durante toda a vida profissional, prestando serviços a grandes empresas. Isso tem dado uma resposta economicamente bem positiva para o município. Além disso, temos pessoas capazes trabalhando diariamente, recebendo as orientações, aplicando e dominando a técnica. Temos pessoal qualificado na secretaria, tenho orgulho disto”.

“Estamos trabalhando em equipe, visando atender quem mais precisa, que é o nosso agricultor. Irati conta com terras férteis e um povo trabalhador, que produz muito e por isso precisa de apoio e nós estamos trabalhando, atendendo e levando melhores condições a todos, valorizando o trabalho de cada um com muita sensibilidade”, enfatizou Anselmo.

O Secretário contou que já foram executados muitos serviços, mas, segundo ele, ainda tem para realizar. “Quando assumimos a pasta, encontramos um quadro de deficiência no maquinário, algo em torno de 39%. Mas, graças ao trabalho dos funcionários conseguimos atingir 89% de eficiência no maquinário. Anteriormente se trabalham três mil horas no máximo, hoje com o mesmo equipamento, somando as duas novas patrolas adquiridas com economia desta casa de leis, atingimos 11 mil horas trabalhadas. Extraímos, carregamos, transportamos e aplicamos 10 mil cargas de cascalho durante 2017. Este ano estamos meio prejudicados porque chove quase todos os dias, por isso, ainda não conseguimos atingir bom rendimento”, justificou Stadykoski

Para Anselmo, o trabalho nas estradas rurais é uma missão que não pode parar. “O trabalho tem que ser contínuo, não pode ser interrompido, pois trata-se de um serviço que não tem fim. Não podemos parar porque falta isso ou aquilo, temos que trabalhar com o que temos e dar o nosso melhor”, lembrou.

O suplente de vereador José Renato Kffuri (PSDB) parabenizou e agradeceu ao Secretário pela forma com que conduz o seu trabalho com humildade e carinho com as pessoas. Kffuri aproveitou para pedir, em nome da população, a construção de pontes nas comunidades do Rio Corrente e Coxinhos. Anselmo disse que a secretaria possui uma equipe boa na construção de pontes e bueiros. “Desde que assumimos já construímos 34 novas pontes em Irati e tem muito mais para ser concretizado. A cada dois dias é construída uma nova ponte. Uma retroescavadeira está nos apoiando neste serviço”. 

Nivaldo Bartoski (PSDB) também parabenizou o secretário, contando que esteve visitando algumas pontes, acompanhando o trabalho da secretaria. “O Anselmo ensina com carinho os funcionários a trabalhar, serve de exemplo”. José Bodnar elogiou o trabalho realizado nas estradas rurais. “Essa semana estive por dois dias no Rio do Couto e no Cerro da Ponte Alta, onde presenciei o trabalho de uma das máquinas”, contou Bodnar relatando a indicação da comunidade de Campina do Guamirim, onde reside uma pessoa que faz hemodiálise. “Gostaria que desce uma olhada com carinho nesta situação, pois esta pessoa se desloca três vezes por semana até Irati e precisa de estrada de qualidade”. Anselmo agradeceu o vereador pela sugestão, afirmando que a indicação será atendida. 

Rogério Luís Kuhn buscou saber sobre a qualidade do cascalho do município. “Não está na hora de fazer novas prospecções com cascalho de maior durabilidade a um custo menor?”, indagou. Anselmo disse que esta informação procede, “tem regiões que o cascalho é fraco e estamos procurando não aplicar este material, visto que descobrimos novas cascalheiras, algumas jazidas já prontas da natureza, que não precisa britar o material, e isso gera economia e velocidade no trabalho. Mesmo assim, o cascalhamento não consegue alcançar o patroalmento e o material bruto só pode ser aplicado em atoleiros”, relatou.

O vice-presidente da Câmara, Roni Surek (PROS), elogiou a programação dos serviços que está sendo repassada aos vereadores, “isso facilita as informações e explicações também a população. Esta programação está sendo muita bem aceita, gostaríamos de saber também sobre os trabalhos já executados”.

Por fim, o Presidente da Câmara, vereador Helio de Mello (PMDB), indagou o secretário sobre o número de pessoas e equipamentos, “quantos e quais máquinas o município dispõe hoje e quantas faltam?”. Anselmo respondeu que hoje a secretaria conta com seis motoniveladoras, sendo que cinco estão operando, duas escavadeiras hidráulicas, três retroescavadeiras, porém, uma repassamos para a secretaria de agricultura e oito caminhões caçamba, destes cinco trabalham pela secretaria de viação e um na agricultura. Temos ainda um rolo compactador, uma camionete 690 para abastecimento dos maquinários, duas pá carregadeiras e mais dois britadores. O ideal seria adquirir mais caminhões para transporte de material e de pá carregadeira, mas, o prefeito já sinalizou que irá buscar mais recursos para aquisição de novos caminhões traçados, para que possamos desenvolver melhor os serviços. Precisamos de logística boa para ganhar mais velocidade no transporte do material, que é o grande gargalo para atender a readequação das estradas rurais hoje”, destacou. 

Helio de Mello sugeriu ainda ao secretário que realizem cadastramento de caçambeiros por determinado período de acordo com a necessidade, assim como faz o município de Prudentópolis. Sugeriu também que sejam realizados mutirões nas comunidades e que no período de safra sejam criadas frentes de trabalho para atender principalmente os produtores de fumo, que precisam escoar a safra, dessa forma, a estrada já estará boa para posterior escoamento da soja. Mello indicou também a necessidade de melhorias urgentes nas vias de Campina Branca do Itapará, atendendo a linha do transporte escolar. Informou ainda que na semana passa protocolou junto ao DER um ofício solicitando que seja destinada a Irati o material retirado do asfalto, o rejeito, o qual eles alegam que é da empresa, “mas o material é nosso e poderia ser aplicado nas vias urbanas ou em vias de acesso as comunidades no interior”. E por fim sobre a estrada de Gonçalves Júnior até o Itapará, Helio elogiou o trabalho que foi feito. “Um serviço bem feito, que não é necessário voltar fazer de novo. Temos percebido o empenho dos funcionários. Está tendo vontade e planejamento, mas, sabemos que ainda faltam máquinas. No ano passado autorizamos três milhões para empréstimo, mas, por questões judiciais na obra do Ginásio, Irati não pode contrair o empréstimo, mas, esperamos que este ano saia, e novas máquinas possam ser adquiridas, diminuindo os cursos com oficinas”.

Antes de concluir, o Presidente ainda indagou sobre a Lei Municipal que autoriza o trabalho de máquinas em propriedades do interior, “existe algo para atendimento do Porteira Adentro?”, questinou. Anselmo disse que estão sendo feitas algumas melhorias com base nesta lei pela secretaria de agricultura para atendimento aos produtores de leite. “Nós seguimos fazendo os caminhos de roça e as estradas secundárias. Faremos mais quando tivermos mais máquinas”, afirmou o secretário.
Helio entregou um abaixo-assinado com 96 assinaturas da comunidade de Papuã dos Fiori e Valeiros referente ao atendimento de duas pontes e agradeceu a presença e a explanação do secretário na Casa. Anselmo disse que já está na programação estas pontes e retribuiu o agradecimento pelo espaço concedido à secretaria, “tão importante para divulgação dos trabalhos da pasta”. 


Texto e Foto:
Assessoria

Vídeo:
Sergio Popo