‘Semana Municipal da Paz’ prioriza o respeito à vida, a generosidade e a solidariedade - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 21 de novembro de 2017

‘Semana Municipal da Paz’ prioriza o respeito à vida, a generosidade e a solidariedade


“A Semana contribui para o estabelecimento de uma cultura de paz entre crianças e adolescentes, que irão crescer acreditando que é através das boas atitudes que se constrói um futuro melhor”, destacou o vereador Roni Surek (PROS).

Estabelecer uma cultura de paz, esse é o objetivo do Projeto de Lei nº 034/2017, que institui no Calendário de Eventos Oficiais do Município a “Semana Municipal da Paz”. Aprovada por unanimidade de votos em duas votações, a propositura segue agora para sanção do prefeito.

De autoria do vereador Roni Surek, a proposta estabelece uma alternativa para a sociedade principalmente às crianças, adolescentes e jovens, contribuindo para o estabelecimento de uma cultura de paz, que promova um estado de justiça e felicidade coletiva. Conforme a Lei, a “Semana Municipal da Paz”, deverá ser comemorada anualmente, iniciando-se no dia 21 de setembro (Dia Internacional da Paz) e encerrando-se no dia 27 de setembro. Nesta Semana serão desenvolvidos atos públicos, ações educativas, palestras, debates e seminários com o objetivo de promover a educação para a paz, tendo como diretrizes o respeito à vida e a rejeição a violência.

Segundo o autor do projeto, fica instituída e adotada, como símbolo da semana comemorativa, a Bandeira da Paz, que será escolhida através de concurso público realizado pela Secretaria Municipal de Educação no âmbito das instituições municipais de ensino. “A Semana homenageará a cada ano um munícipe que tenha ganhado destaque na promoção da paz no município ou fora”, frisou Surek dizendo que caberá a Secretaria de Educação a elaboração das regulamentações e providências para a implantação e cumprimento da lei.

Para Roni, é necessário que toda a sociedade alimente uma cultura de paz e não-violência. “O intuito da Lei é que além de atingir a sociedade em geral, atinja especificamente crianças e adolescentes, que irão crescer acreditando que é através das boas atitudes que se constrói um futuro melhor”, destacou o vereador afirmando que a data foi escolhida buscando valorizar a programação municipal, tendo em vista, que dia 21 de setembro é o Dia Internacional da Paz, estabelecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas. “Uma data que fortalecerá os ideais de paz, objetivando a sensibilização de todos para a necessidade da paz no mundo, promovendo atos que tenham como resultado, o fim dos conflitos entre povos e a consagração da paz mundial”, justificou.

De acordo com Surek, a criação de um momento na agenda da cidade é uma importante estratégia para fortalecer as relações pacíficas, reverter o isolamento social e renovar a noção de comunidade, priorizando o respeito à vida, a generosidade e a solidariedade.

Texto e foto:
Assessoria