CÂMARA - Vereador Roni Surek critica paralisação de Equoterapia do município - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

CÂMARA - Vereador Roni Surek critica paralisação de Equoterapia do município

Na Sessão Ordinária do dia 21 de Novembro de 2017, o vereador Ronildo Pampuch Surek (PROS), vice-presidente da Câmara Municipal de Irati - PR, parabenizou o Padre Cristiano pela Ceia Judaica Cristã, realizada na Perpétuo Socorro no último final de semana, “evento espetacular e que nos recarrega de energias”, descreveu. Roni destacou também a 1º Comunhão da sua neta Maria Vitória, elogiando o trabalho voluntário das catequistas e zeladoras das Capelas. Roni Surek parabenizou ainda o Executivo Municipal pela reforma da Capela Mortuária e pela revitalização do Cruzeiro.

Roni Surek afirmou que, na próxima sessão, estará falando sobre os uniformes escolares, que, de acordo com ele, já estão no almoxarifado, mas serão entregues apenas no mês de fevereiro. Veja a seguir:

Surek, na tribuna, criticou a entrevista concedida pelo secretário municipal de saúde de Irati, Ariel Roberto Komnitski. “Por que não veio visitar os vereadores antes de conceder a entrevista, como eu sempre faço, tirando provas? ”, questionou Roni.

O parlamentar criticou também o projeto de Equoterapia do município, que, segundo ele, está paralisado desde setembro. “Sorte que temos uma empresa hoje em Irati, a Petra, que está prestando este trabalho gratuito para 16 crianças nas quartas-feiras. Hoje estive no CT e encontrei o pessoal da empresa de Ponta Grossa, tirei várias informações a respeito do projeto. Deixo um alerta para a ONG SOS Amigo Bicho, para que vão até o CT ver como estão sendo tratados os cavalos desta empresa. Eu amo cavalos, e eles estão passando fome. Não tem tratador”, concluiu Roni Surek, fazendo um convite ao engenheiro da Caixa Econômica Federal, que faz as medições das obras em Irati, para que faça uso da Tribuna Popular. “Algumas construções e asfaltos estão paralisados, precisamos esclarecer estas situações e saber como andam as contrapartidas da prefeitura”, finalizou o vereador.