Programa de literatura completa dois anos na 87.9 FM - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Programa de literatura completa dois anos na 87.9 FM

O Idealizador, Edson Santos Silva, aposta no poder humanizador da leitura

Desde 2014, o ouvinte iratiense conta com um espaço totalmente dedicado à literatura nas ondas do rádio: o programa “Cultura em Páginas”, idealizado e apresentado pelo professor Edson Santos Silva, doutor em Literatura Portuguesa. O quadro vai ao ar nos sábados a partir do meio-dia na Rádio Cultura FM Irati 87.9.

Apesar de tratar de um tema normalmente tido como complexo, a ideia do “Cultura em Páginas” não é dar uma visão acadêmica de cada autor, e sim, fazer com que mais pessoas em Irati se interessem na leitura de livros e outros escritos. “O programa nasceu do desejo de falarmos sobre literatura e, sobretudo, de aguçar e despertar no público ouvinte o gosto por textos literários”, revela o professor Edson, acrescentando: “estar a frente deste programa tem sido um privilégio para mim. Falar de literatura é falar de uma paixão”, descreve.

Michelangelo Gumiero, Diretor Artístico da Cultura FM, conta sobre o surgimento do Cultura em Páginas. “Foi após uma entrevista que o professor Edson cedeu à nossa emissora que tive a ideia de desenvolver um programa voltado somente à Literatura – algo que era ainda inédito em nossa região – e ele prontamente aceitou o convite”, lembra Gumiero, ainda destacando: “uma das coisas que quem convive com o Edson percebe é a entrega dele e a paixão pelo que faz. Pode-se dizer que ele vive a Literatura 24 horas por dia, o que lhe proporciona um profundo conhecimento sobre este tema, muito além de sua formação acadêmica”, opina.

O Comunicador Social da emissora, Leonardo Schenato Barroso, comenta sobre a importância de transmitir o entendimento aprofundado do apresentador em uma forma que seja de compreensão simples ao ouvinte. “O programa Cultura em Páginas - assim como os Sábados Literários e diversos outros projetos do professor Edson – presta uma contribuição muito significativa para a Cultura em Irati, à medida em que esmiúça um assunto muitas vezes visto como elitizado, e o aproxima de toda comunidade iratiense, fazendo com que ela se aproprie deste domínio em literatura e passe a se identificar com ele. É uma maneira de efetivamente democratizar o conhecimento”, define.

Esta aproximação com a comunidade é algo que o próprio apresentador do programa descreve como sendo uma motivação. “Para minha alegria, algumas pessoas me abordam na rua e comentam com carinho sobre o programa e o que ouviram nele. Não há nenhuma pretensão e sim, como já foi dito, o desejo imenso de fomentar a leitura. Eu acredito muito no poder da arte e, de forma especial, no poder humanizador da literatura”, conclui Edson Santos Silva.