Confronto com bandidos na BR -153 deixa um policial e dois marginais mortos na tarde deste sábado (08) - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 8 de agosto de 2015

Confronto com bandidos na BR -153 deixa um policial e dois marginais mortos na tarde deste sábado (08)

Bandido morto em confronto

Na tarde deste sábado (08), um confronto entre bandidos e policiais militares resultou na morte do policial militar Soldado Abrão Kanclarovicz da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial ) e de dois marginais.
Por volta das 14h00, os policiais militares prestavam apoio à polícia rodoviária federal em um acidente e, durante a tentativa de abordagem a uma caminhonete Toyota Hilux, placas AXV-3137, na BR-153, na cidade de Mallet, os PMs foram surpreendidos por um Honda Civic, que disparou contra os dois policiais que realizavam a operação, os soldados Jaderson Luciano e Abrão Kanclarovicz. Em acompanhamento tático à Toyota Hilux, os policiais seguiram em direção a Irati e solicitaram apoio. Depois de Rio Azul, os integrantes da caminhonete entraram em uma estrada secundária, nas proximidades do Parque da Pedreira, e o condutor do veículo perdeu o controle da direção, adentrando em uma plantação de aveia. Os quatro ocupantes do veículo desceram e atiraram contra os policiais.
Bandido morto em confronto
O Soldado Jaderson Luciano foi baleado na perna e o Soldado Abrão Kanclarovicz foi atingido no abdômen. Eles forma levados até o Hospital de Rio Azul para atendimento médico. Depois, o Soldado Abrão foi transferido para a Santa Casa de Irati, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda na tarde de sábado.
Também durante o confronto, dois dos quartro elementos que ocupava a Toyota Hilux morreram e dois se evadiram à pé pela mata. Morreram Francisco Leal de Lima, 43 anos, e Valmir Leandro dos Santos, 35 anos.
O local do confronto foi devidamente isolado para realização de perícia. Os bandidos que ocupavam a caminhonete e o Honda Civic estavam fortemente armados, com fuzil, metralhadora e pistolas.
Várias equipes policiais da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar, da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar e uma aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) realizaram buscas nas proximidades do local para encontrar os dois elementos que se evadiram.
Maicon Carneiro da Silva é acusado
de trocar tiros com a PM
 
Foto: Pm/ Divulgação
No início da noite de sábado, foi encontrado no Parque da Pedreira e preso Maicon Carneiro da Silva, 31 anos, o qual portava uma pistola. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Rebouças. Em depoimento, ele informou que o quarto participante do confronto era Luiz Henrique da Silva.

Na manhã deste domingo (09), Luiz Henrique da Silva, 38 anos, foi localizado pela polícia no interior de Rio Azul. Houve novo confronto e o meliante foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu.





Na manhã deste domingo (09), Luiz Henrique da Silva, 38 anos, foi localizado pela polícia no interior de Rio Azul. Houve novo confronto e o meliante foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu Fotos: Leticia Santos/Hoje Centro Sul
Foto deste domingo (9)
Fotos: Leticia Santos/Hoje Centro Sul







Foto deste domingo (9)
Fotos: Leticia Santos/Hoje Centro Sul





















Policial era destaque em sua Cia

Policial Soldado Abrão Kanclarovicz 
morto durante o confronto
O Soldado Abrão Kanclarovicz, do Município de Mallet foi homenageado como o policial militar do mês pela 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (sediada em União da Vitória).

Não bastasse isto, também foi considerado destaque regional do mês de maio de 2015 pelo 4º Comando Regional de Polícia Militar (sediado em Ponta Grossa e que abrange aproximadamente 70 Municípios). o Soldado Abrão, voluntariamente e em seus dias de folga, proferia palestras aos alunos das escolas do Município.


Texto:  Da Redação/ Hoje Centro Sul 



Soldado Abrão Kanclarovicz


Polícia Militar decreta luto oficial por morte de Policial Militar 

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

O juramento de entregar a própria vida em prol da população paranaense verdadeiramente se cumpriu na tarde deste sábado (08/08/15) quando o soldado Abrão Kanclarovicz, de 37 anos, juntamente com seu companheiro de serviço, confrontou com bandidos fortemente armados, acabou ferido por arma de fogo e faleceu em seguida, já no hospital. Devido a este fato lamentável, o Comando-Geral da Polícia Militar decretou luto oficial de três dias em todas as unidades da corporação espalhadas pelo Estado.

"Um final de semana muito triste para a corporação, perdemos um bravo policial que não hesitou em confrontar com bandidos fortemente armados na tentativa de proteger os cidadãos de bem. Quando entramos na Corporação juramos defender a sociedade, nem que isso nos custe a própria vida, e hoje o juramento foi cumprido, ou seja, justamente na véspera do Dias dos Pais, o soldado Abrão entregou sua vida, o seu bem maior e o de sua família", disse o Comandante-Geral da PM, Coronel Mauricio Tortato.

"A PM é grata por isso e espera que a sociedade possa reconhecer este belo gesto do policial; que Deus ilumine e proteja a família deste militar estadual", pede o Subcomandante-Geral da PM, Carlos Alberto Bührer Moreira. "Não descansaremos enquanto os algozes deste dedicado policial, deste exemplo de profissional, não estiverem presos, para tanto unimos esforços para as buscas que serão constantes em diversas regiões já mapeadas", garante.

O soldado Abrão Kanclarovicz ingressou na Polícia Militar do Paraná em 07 de agosto de 1997, nesta sexta-feira (07/08/15) completou 18 anos de corporação, e atualmente estava na 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (2ªCIPM). Ele era casado e deixa esposa e filhos. No mês passado ele foi homenageado como policial destaque regional, por projetos sociais.

Confira algumas imagens de sábado (8) na lente da repórter Letícia Santos/Hoje Centro Sul