Segurança em parques, praças e pistas de caminhada preocupa população - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 23 de junho de 2015

Segurança em parques, praças e pistas de caminhada preocupa população



Iratienses solicitam que a Polícia Militar e a Guarda Municipal estejam mais presentes em locais de lazer e prática esportiva. Representantes da Guarda Municipal acreditam que é necessária a instalação de mais câmeras de segurança e pedem apoio da comunidade  na denúncia de atitudes suspeitas


Reclamações a respeito da segurança pública em Irati foram recebidas recentemente pela equipe do Hoje Centro Sul. Moradores se preocupam com obras abandonadas, ações suspeitas em praças e parques, além do vandalismo que destrói o patrimônio público.
Uma dessas moradores é Rita de Cássia Borba. Ela costuma caminhar todos os dias com seu marido na Rua Cesário Fortes, conhecida como Perimetral. Cássia diz estar indignada com a situação encontrada local. “Nós até entendemos a falta de recursos para conclusão das obras da prefeitura e do ginásio, mas elas poderiam ter sido preservadas. Principalmente à noite, é muito perigoso andar por ali, o maior problema é que qualquer um pode se esconder lá dentro dos prédios e o vandalismo que é corriqueiramente praticado”, relata. Cássia acredita que deveria haver alguém vigiando o local 24 horas por dia.
Segundo o subcomandante da Guarda Municipal de Irati, Sergio Santana, o maior problema está no efetivo de agentes de segurança. “Nós trabalhamos com duas viaturas durante 24 horas fazendo as rondas durante o dia e a noite. Quando o pessoal detecta algo estranho nós vamos verificar. Até mesmo os guardas que estão de folga se empenham em avisar quando avistam algo suspeito, mas nosso trabalho depende muito da informação da população”, explica o subcomandante.
Sergio comenta que a Guarda Municipal e a Polícia Militar se dividem para monitorar o maior número de locais possíveis. O subcomandante ainda explica que uma grande solução para o problema está na instalação de câmeras em diversos pontos da cidade.
No Parque Aquático, a instalação de sete câmeras de segurança trouxe mais tranquilidade a quem circula e mora nas proximidades do local. Ocimar do Vale Ferreira reside e possui um estabelecimento comercial próximo ao parque. Ele afirma que depois das câmeras instaladas o vandalismo diminuiu bastante. “Antes era muito problemático, o pessoal nem circulava aqui no final da tarde. Agora acabou o medo”, conta.
As câmeras instaladas no Parque Aquático inicialmente eram monitoradas pela Polícia Militar e agora são de responsabilidade da Guarda Municipal de Irati. Segundo Sergio, o equipamento está passando por manutenção. “As câmeras não são adequadas para monitoramento e algumas pertencem a Brasil Net, então não podemos utilizá-las de forma eficaz”. Hoje, a Guarda Municipal não tem nenhum dispositivo para monitoramento. “A única câmera que temos acesso é no Morro da Santa que é monitorada pela Inviolável e temos acesso também”, explica o subcomandante.
Solução
Em novembro de 2014, a Guarda Municipal encaminhou um projeto à Prefeitura Municipal de Irati para instalação de 160 câmeras para escolas, postos de saúdes e praças e 14 câmeras para monitorar as entradas e saídas da cidade. Entre os pontos para implantação está a rotatória da Perimetral, a rodoviária, o Morro da Santa, os centros de praças, entre outros pontos estratégicos.
Entretanto, o projeto ainda não foi aprovado devido alto custo das câmeras, segundo o subcomandante. “Como precisamos de câmeras giratórias, computadores potentes, o valor é alto, mas seria essencial para melhorar a segurança, pois as câmeras seriam o nosso olho lá na rua”.
A Guarda Municipal julga que as câmeras já instaladas não são adequadas porque para o monitoramento necessitaria de equipamentos que pudessem ser movimentados, que capturassem as imagens em alta resolução para identificação de possíveis infratores. “As câmeras facilitariam muito o trabalho, pois dois agentes conseguiriam monitorar grande parte da cidade apenas pelas câmeras e quando algo suspeito fosse verificado, as viaturas que estivessem em ronda poderiam rapidamente chegar ao local”, destaca Sergio.
Segundo o secretário municipal de Administração, Paulo Ramos, o projeto para implantação das câmeras, elaborado pela Guarda Municipal de Irati, está em tramitação na prefeitura, aguardando aprovação pela Secretaria Municipal de Fazenda para que seja executado. Ainda não há confirmação de quando as instalações serão concretizadas.
A Guarda Municipal reforça que, para um melhor atendimento, é necessário o auxílio da população. “Quando há a denúncia nós intensificamos as rondas naquele local, fazemos de forma preventiva à medida que vão aparecendo os problemas, por isso sempre que os moradores verificarem atitudes suspeitas devem acionar a Guarda ou a PM”, finaliza Sergio. A Guarda Municipal atende 24 horas através dos telefones 153 ou 3423-2833. Para entrar em contato com a Polícia Militar o número a ser utilizado é o 190.


Ana Paula Schreider/Hoje Centro Sul