Projeto de Incentivo à Leitura do Hoje Centro Sul comemora dois anos de excelentes resultados - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 23 de junho de 2015

Projeto de Incentivo à Leitura do Hoje Centro Sul comemora dois anos de excelentes resultados


“Além do jornal se constituir em uma ferramenta de estímulo à leitura e ser uma fonte de informação, ele possibilita aos alunos a compreensão dos diferentes tipos textuais, desenvolver o senso crítico, inclusive quanto aos processos de produção e de transmissão de informações", ressalta a diretora Claudia Ruppel Jatzek, da Escola Municipal Padre Wenceslau



Desde 2013 o Projeto de Incentivo à Leitura do Jornal Hoje Centro Sul atende diversas escolas estaduais, municipais e de educação de jovens e adultos da região. Alunos de 06 a 65 anos tem o prazer de receber em suas mãos semanalmente jornais contendo notícias que fazem parte de seu cotidiano. São 2.000 exemplares destinados às escolas semanalmente.

Os colégios que participam do projeto são das cidades de Irati, Prudentópolis, Teixeira Soares, Fernandes Pinheiro, Rebouças, Rio Azul, Mallet, Inácio Martins, São Mateus e Imbituva.  Nestas cidades o projeto é desenvolvido em várias escolas, que recebem semanalmente jornais para serem trabalhados em sala de aula e, em seguida, o aluno leva o jornal para casa, o que faz com que projeto não seja voltado apenas para o aluno e passe a ser um projeto para a família.

Além de entregar os jornais toda semana nas escolas, o Hoje Centro Sul conta com uma equipe preparada para atender os estabelecimentos de ensino nas mais diversas áreas. Com agendamento prévio, a equipe do jornal vai até as salas de aula  para ministrar palestras, realizar contação de historias, e explicar sobre a elaboração do jornal. A sede do jornal também fica à disposição das escolas para visitas e passeios, tendo como objetivo mostrar e valorizar ainda mais a leitura.

O trabalho nas escolas

Escola Padre Wenceslau
A Escola Municipal Padre Wenceslau é uma das escolas da cidade de Irati que recebe o jornal semanalmente desde o início do ano de 2014. A escola realiza um sistema de revezamento para utilizar o jornal com todas as séries do ensino fundamental.  Também disponibiliza a sacola da leitura, onde o aluno leva para casa livros e o jornal para ser lido com os pais.

A diretora da escola, Claudia Ruppel Jatzek, fala que a aceitação do jornal pelos alunos tem sido muito boa e que os alunos já se acostumaram a receber o periódico regularmente.

O secretário Haroldo Mathias comenta que os assuntos e matérias do Jornal Hoje Centro Sul são utilizados de forma inter ou transdisciplinar. Dessa forma, têm-se uma vasta gama de possibilidades de utilização, de forma adequada às diferentes séries e faixas etárias dos alunos, níveis de aprendizagem e de maneira coerente e complementar aos conteúdos escolares trabalhados durante o período, destacando-se a produção de textos.

A diretora acredita que “além do jornal se constituir em uma ferramenta de estímulo à leitura e ser uma fonte de informação, ele possibilita aos alunos a compreensão dos diferentes tipos textuais, desenvolver o senso crítico, inclusive quanto aos processos de produção e de transmissão de informações, distinguir as análises objetivas e subjetivas dos fatos, comparar linhas editoriais, compreender as diferentes escalas geográficas dos acontecimentos e as relações entre o local, o regional e o global".  

Claudia Ruppel Jatzek ainda comenta que o Projeto de Incentivo à Leitura do Jornal Hoje Centro Sul fortalece as possibilidades dos alunos interagirem com os acontecimentos à sua volta e formarem sua individualidade. "Conhecer a cidade, o desenvolvimento, os problemas e suas contradições. Enfim, ter um contato com questões econômicas, sociais, culturais, políticas, enfim, dentro de um trabalho interdisciplinar, baseado nos conteúdos curriculares e de acordo com a idade, série e desenvolvimento dos educandos, o jornal contribuiu para a formação da individualidade do aluno”, define a diretora.
Mathias acrescenta que nessa semana os alunos do 3º ano A, da professora Vanessa Grichinski estão construindo um texto coletivo, tratando de conteúdos relacionados ao meio ambiente e seus reflexos sociais e econômicos, baseado na matéria "Marcas da Enchente" escrita pela jornalista Ana Paula Schreider e publicada na edição 783 do Jornal Hoje Centro Sul. A matéria relata como estão as famílias atingidas pela enchente que ocorreu no ano passado, destacando que algumas conseguiram recuperar o que perderam e muitas ainda lutam para conseguir restabelecer a vida normal.

Educação de Jovens e Adultos
Neste ano de 2015, depois de uma solicitação da Secretaria Municipal de Educação,  as turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) começaram a participar do Projeto de Incentivo à Leitura.  Alunos de 15 a 65 anos recebem o jornal, o utilizam em sala de aula e interagem com o periódico, tendo seus textos publicados.

O jornal é usado para ajudar na alfabetização dos alunos que não tiveram a oportunidade de aprender a ler e escrever quando crianças. Os professores comentam que, muitas vezes, os alunos são de uma idade um pouco mais avançada e já estão com a visão um pouco afetada. Entretanto, como o jornal tem muitas letras grandes, isso possibilita uma melhor visão e compreensão da letra. 

A coordenadora Eliane Broday conta que já começou a ver resultados. “Toda semana o jornal divulga textos escritos pelos nossos alunos, então eles ficam ansiosos esperando o dia em que vão poder ver os seus textos e os textos de seus colegas nas páginas do jornal”.

Expansão do projeto
Com a grande repercussão do Projeto de Incentivo à Leitura  nesses dois anos, os diretores do Jornal Hoje Centro Sul Ciro Ivatiuk e Letícia Torres estiveram recentemente em  Brasília apresentando o projeto e seus resultados positivos à diversas instâncias do Governo Federal. "Nosso objetivo é expandir cada vez mais a abrangência do projeto, para que possamos colaborar com a formação escolar dos estudantes e contribuir para que o hábito da leitura se perpetue. Em Brasília, buscamos os meios para que isto se concretize", comenta Ivatiuk. 


Silmara Andrade / Hoje Centro Sul