Gasoduto em São Mateus do Sul está perto do início da construção - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 16 de maio de 2015

Gasoduto em São Mateus do Sul está perto do início da construção

Em um futuro próximo, o município de São Mateus do Sul vai receber uma inédita conexão de gás natural. O gasoduto a ser construído é uma parceria entre o governo do estado do Paraná e a Companhia Paranaense de Gás (Compagás). O investimento, que gira em torno de 230 milhões de reais, vai garantir que o gasoduto parta de Araucária, passe pela Lapa, até chegar em São Mateus do Sul.

@Raphael Gierez/Hoje Centro Sul
No total serão 162km de tubulação, sendo 82km apenas na ligação entre Lapa e São Mateus do Sul. Em nota, a Compagás destaca que a motivação da construção do gasoduto é atrair empresas para a região.

“A construção de novos ramais de gás em diferentes regiões do Paraná é um elemento atrativo para que mais empresas invistam nesses locais, impulsionando o crescimento econômico e social dos municípios”.

O principal fator que leva as empresas a se interessarem pelo projeto é a queda substancial do preço gasto em energia. “Por ser um combustível com diversas vantagens financeiras, a expectativa é que a competitividade do setor seja elevada. As obras para execução do projeto de atendimento à Lapa devem começar no início de 2016”, reitera a Compagás.

A construção do gasoduto anima a administração do município de São Mateus do Sul. “Em uma época que a economia vem se retraindo, será muito importante o município receber um investimento desse tamanho”, ressalta o secretário de Indústria e Comércio, Renato Possebon.

O secretário também comenta que a motivação do projeto é o desenvolvimento da região. “O governo estadual tem ciência que a nossa região é pobre, então esse projeto vem justamente para ajudar a desenvolver nossos municípios, todas as cidades em que o gasoduto venha a passar podem ser beneficiadas”, relata Possebon, que revela que o projeto, segundo estudos, deve avançar até Guarapuava, passando por União da Vitória no trajeto.

Segundo o secretário, a obra do trecho Lapa-São Mateus do Sul está em fase de obtenção das licenças ambientais. Assim que essa fase acabar, entra o processo de licitação e início da construção. “Acredito que essas etapas mais burocráticas acabem logo e então as obras vão começar”, diz Possebon, que acredita que, após iniciada, a obra dure no máximo um ano e meio até a sua conclusão. Nesta perspectiva, em 2017 o gasoduto poderá estar funcionando.

A primeira empresa que já tem garantida o recebimento do gás é a Incepa, que já faz uso do gás da Companhia, só que ainda através de botijões que chegam até a empresa através de caminhões.
“Vai ser importante para a Incepa, para o município e para a população, já que além da diminuição dos custos, o gás comprimido é uma energia limpa, então teremos também um meio-ambiente mais seguro e preservado”, finaliza Possebon.

Por Raphael Gierez/Hoje Centro Sul