Justiça realiza audiência do "caso Juziel" - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Justiça realiza audiência do "caso Juziel"

Momento em que o Cabo Sobol prestava esclarecimentos
Audiência de Instrução e Julgamento da morte do adolescente Juziel ocorreu nesta quarta-feira(17)


Teve início na manhã desta quarta-feira (17) uma audiência de Instrução e Julgamento para ouvir 17 testemunhas e os três réus do caso Juziel Marcos Remes de Andrade: Luiz Fernando dos Santos, Cleber Fabiano Farias de Souza Martins e Marcelo Padilha.

De acordo com o Código de Processo Penal (CPP) os trâmites de uma audiência de Instrução e Julgamento determinam que sejam ouvidas as testemunhas de acusação, em seguida as testemunhas de defesa e posteriormente os réus.

Após a conclusão da audiência é concedido um prazo para as alegações finais de acusação e defesa. Depois disso, a Juíza de Direito da Comarca de Irati, Mitzy de Lima Santos declara a sentença que pode levar os réus ao júri popular.


A audiência teve início por volta das 09h30 desta quarta-feira. Inicialmente foi ouvido o cabo Sobol, da Polícia Militar de Irati, responsável pela prisão dos três acusados do crime. Sobol contou detalhes de como a PM realizou a prisão dos três supostos envolvidos. Por volta das 10h30, a audiência foi suspensa por problemas técnicos no sistema de som do fórum. A continuidade da audiência está marcada para as 13h30 desta quarta-feira.

Crime

O crime teria ocorrido após uma briga de rua na madrugada de domingo, dia 23 de março. Neste momento, Juziel havia deixado uma casa noturna e se deslocava para sua residência. O corpo do adolescente foi localizado na manhã de segunda-feira, 24, em um terreno baldio na Avenida Vicente Machado. Pertences de Juziel foram encontrados em uma construção abandonada. Já o corpo do menor apresentava diversos ferimentos na cabeça e no rosto.

A mãe de Juziel, Marlicéia Remes, disse que chegou a fazer em torno de 100 chamadas para o celular do filho até o meio-dia de domingo, 23. A partir daí, iniciou as buscas por Juziel, a começar pela casa do amigo onde ele disse que iria para jogar vídeo game, mas a família não estava em casa. Ela ligou para vários amigos do filho a fim de obter informações. Mais tarde, ela encontrou com o amigo que estava com Juziel na festa e ele contou que o viu pela última vez perto das 4h da manhã, quando teria ido ao banheiro porque estaria passando mal, com enjoo.

Luiz Fernando dos Santos, 23, morador do bairro Pedreira, Marcelo Padilha, 21, que reside no loteamento Santa Fé, e Kléber Fabiano Farias de Souza Martins, 18 anos, que mora no Joaquim Zarpelon, foram presos acusados do crime no dia 28 de março após um trabalho de investigação do Serviço de Inteligência da PM. A polícia chegou até os suspeitos com base nas imagens de câmeras de segurança instaladas nas ruas da área central de Irati.


Texto e foto: Sassá Oliveira/Najuá