Juntos contra a Dengue: prevenir é preciso - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 13 de setembro de 2014

Juntos contra a Dengue: prevenir é preciso

Profissionais da saúde afirmam que o Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos, mas, também de toda população. A conscientização da população e a tomada de medidas são fundamentais para a redução de casos da doença


Thaís Siqueira/Hoje Centro Sul

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 e 100 milhões de pessoas se infectem anualmente com a dengue em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue.

A Secretaria Estadual da Saúde divulgou, em Curitiba, um balanço preliminar sobre a situação da dengue no Paraná entre os meses de agosto/2013 e julho/2014. O relatório confirma a ocorrência de 18.824 casos da doença no Estado, o que representa uma redução de 65% em relação ao mesmo período anterior (2012/2013), quando houve 54.716 casos.

Além do empenho da Secretaria Municipal de Saúde, é fundamental toda a população ajudar na prevenção da proliferação do mosquito da dengue, é o que alertam o Secretário Municipal de Saúde de Irati, Anderson Sprada, e o Chefe da 4ª Regional de Saúde, João Almeida Júnior, em coletiva de imprensa, realizada no dia 03, na 4ª Regional de Saúde.

A coletiva teve como principal objetivo alertar a população quanto ao que deve ser feito para que Irati não apresente a primeira epidemia de dengue. Anderson demonstrou preocupação sobre a possibilidade de o município enfrentar um surto da doença, para isso é necessário que aconteça a confirmação de pelo menos dois casos em um mesmo período de tempo e que possuam associação.
“O município de Irati vem seguindo os protocolos do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, quanto à prevenção, o tratamento e a identificação de possíveis casos de dengue. Temos realizado várias ações para combater a doença, mas sabemos que precisamos fazer ainda mais e estamos lutando para isso. O município conta com 12 agentes da dengue que visitam as residências alertando a população. Com a confirmação do caso de dengue autóctone, Irati abriu um processo licitatório para a contratação de mais 11 agentes temporários. A licitação está marcada para o dia 8 de outubro. Respeitando todos os trâmites burocráticos, os novos agentes estarão aptos a trabalhar somente em janeiro de 2015”, comenta Anderson.

Caso confirmado

Em Irati, no dia 19 de agosto, foi confirmado o primeiro caso de dengue autóctone, aquela que é contraída dentro do próprio território. A paciente recebeu atendimento, está em acompanhamento e felizmente passa bem.

Segundo João Almeida, o município apresentou mais oito notificações de suspeita da doença. Destas, cinco não foram confirmadas e três aguardam o resultado do laboratório.

Mutirão de limpeza

Nos dias 20 e 21 de setembro será realizado um mutirão de limpeza, que consiste em percorrer toda a área urbana do município coletando o lixo que pode acumular água. O objetivo da coleta é acabar com os recipientes com água parada que são os principais criadouros das larvas do mosquito e proliferação da doença.

Thaís Siqueira