Jovens: 24 horas conectados através do celular - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 21 de setembro de 2014

Jovens: 24 horas conectados através do celular

O celular é um dos itens de consumo favoritos da população, principalmente dos jovens. A Fundação Telefônica Vivo apresentou no dia 27 de agosto de 2014 os resultados da Pesquisa Juventude Conectada.

Thaís Siqueira/Hoje Centro Sul
A pesquisa teve início em maio de 2013 e analisa os jovens conectados sob a ótica de quatro eixos: comportamento, educação, ativismo e empreendedorismo. Conforme esta pesquisa foi possível constatar que mais de 70% dos jovens brasileiros utilizam o aparelho para navegar na internet, o meio de comunicação mais utilizado por 45% são as redes sociais ou mensagens instantâneas e os assuntos mais procurados na web são cultura e esportes.

Já, um estudo realizado pelo Journal of Psychosocial Research on Cyberspace mostrou que os aparelhos celulares, como os smartphones, são os preferidos por jovens quanto às formas de comunicação. Por exemplo, 47,3% dos entrevistados afirmaram preferir enviar mensagens de texto para evitar ter de falar diretamente com as pessoas, 62,9% dos participantes disseram que usam mensagens de texto como principal forma de comunicação em contraste com os meros 6,9% que declararam preferir falar pessoalmente.

Para o professor de pós-graduação na área de Mídias Digitais, Felipe Harmata Marinho, os jovens usam muito os smartphones, mas não necessariamente para ligar para alguém. “Se for avaliar, talvez essa seja a geração que menos liga para as outras. Mas em compensação é a geração que está extremamente ligada nas redes sociais. Então, o uso do telefone é o reflexo do pensamento em rede e da possibilidade de fazer contato com as pessoas. Não é à toa que um dos aplicativos mais populares é o whatsapp, justamente por permitir formas facilitadas de interação e de conversa em grupo. Um celular sem acesso a redes sociais hoje está fadado ao insucesso”, explica.

Felipe acredita que um dos principais pontos positivos do uso dos smartphones é a possibilidade de ter acesso a informações em tempo real e, ao mesmo tempo, transmitir conteúdos em tempo real. “O uso dos aplicativos é uma grande vantagem também. O Waze que é um GPS, com o acesso a internet, se transforma quase que em uma rede social sobre trânsito. Outra vantagem é se precisar fazer alguma busca, consegue as informações de forma facilitada, também em tempo real”, completa.
Já como ponto negativo, o professor de pós-graduação na área de Mídias Digitais expõe a possibilidade de distração. “Em instâncias como a escola, o aluno pode achar que o mundo que lhe é oferecido no smartphone é mais interessante que a sala de aula e pode ficar o tempo todo somente no celular sem prestar atenção em sala de aula”, diz.

Ele ressalta que os jovens fazem "de tudo" no celular. “Talvez esse seja o grande ponto para se pensar da atual geração de jovens. Eles conversam com outras pessoas, acessam as redes sociais, no minuto seguinte já estão vendo notícias ou fazendo alguma piada. É uma geração que é multi tarefa e que faz muitas coisas ao mesmo tempo, em uma velocidade que as outras gerações tem dificuldade de acompanhar”, finaliza.


Por Thaís Siqueira / Hoje Centro Sul