A história do Cine Theatro Central é tema de documentário em Irati - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 27 de junho de 2014

A história do Cine Theatro Central é tema de documentário em Irati

O documentário foi o Trabalho de Conclusão de Curso em Jornalismo de Pedro Henrique Wasilewski, bisneto do fundador do cinema, João Wasilewski

Na quinta-feira, 19, às 20h, o Cine-Clube Denise Stoklos, apresentou o documentário: “A História do Cine Theatro Central”, no Centro Cultural Clube do Comércio. A estréia teve aproximadamente a presença de 20 pessoas, entre elas alguns entrevistados e colaboradores do documentário.

Texto: Thaís Siqueira
Fotos: Arquivo Pessoal
De acordo com pessoas que estiveram no local no momento do evento, logo após a exibição houve um debate sobre a história do cinema, onde as pessoas puderam expressar suas lembranças comentando fatos históricos importante para suas vidas, enfatizando assim a importância que o cinema teve no desenvolvimento sociocultural durante os seus 63 anos de existência, se consolidando assim em um importante patrimônio cultural da cidade de Irati e ponto de encontros de vários iratienses.

O documentário foi o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), em Jornalismo pelo Centro Universitário de União da Vitória – UNIUV de Pedro Henrique Wasilewski Almeida. Ele relata que o Cine Theatro Central da cidade de Irati proporcionou transformações expressivas na cultura da cidade e, por consequência, na vida social e no cotidiano dos que o frequentaram, sendo um dos motivos que levou a fazer seu trabalho.

Um dos iratiense que frequentavam o cinema, na época desde criança, foi Dagoberto Waydzikuem. Ele conta que também foi um dos entrevistados no documentário e relata que quem conheceu o cinema sabe que esse espaço, que abrigava 950 pessoas, foi muito importante para a vida cultural de Irati. “Ali se reuniam várias gerações de iratienses nos finais de semana. Ali ocorriam gincanas, atividades beneficentes e cívicas. Foi um marco para nossa cidade. Nossas reverências ao finado seu João. Parabenizo Pedro Henrique pelo importante legado que esse documentário deixará aos iratienses e à cultura”, comenta Dagoberto.

Leonardo Campos esteve na estréia e afirma que o documentário produzido pelo Pedro é um instrumento muito potente e sincero, pois trata de uma forma bem acessível e emocionante a trajetória e importância do Cine Theatro Central. “Acho um trabalho importante, pois traz a tona uma instituição que foi muito importante para o desenvolvimento da cidade e que nos dias de hoje é pouco lembrada, arrisco até dizer esquecida, por grande parte da população. Mas mais importante, por mostrar o cinema como um espaço de convívio social, trocas de saberes e encontros importantes”, explica Leonardo.

O autor Pedro é bisneto do fundador do cinema João Wasilewski e isso proporciona muito orgulho para si, pois desde pequeno escuta histórias sobre o cinema dentro de sua família e também fora dela, portanto pode dizer que teve uma educação patrimonial desde criança. “Lembro-me de estar andando pelo centro de Irati com o pai e de repente encontrávamos com algum iratienses, que logo comentava algum fato importante dentro do cinema ou alguma curiosidade, então o cinema esteve presente na minha vida desde pequeno, suas histórias, suas emoções, suas lembranças e me sinto muito orgulhoso por conseguir retratar, imortalizar mais esta história com a construção desde documentário”, diz Pedro.
 
Pedro termina a entrevista ao Jornal Hoje Centro Sul enfatizando que pode saborear todas as lembranças dos entrevistados e colaboradores do documentário, voltando no passado onde segundo eles todos se conheciam, as casas amanheciam sem cadeados e o tempo parecia passar mais lento, pois, todos estavam encantados com o cinema e o que ele proporcionava que era algo além do que só sessões cinematográficas, era o ponto de encontro da cidade.