- Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Sepac investirá R$ 180 milhões em Mallet e terá apoio do Paraná Competitivo


O governador Beto Richa e o presidente da indústria de celulose Sepac, João Ferreira Dias, assinaram nesta quarta-feira (28/05) um protocolo de intenções que assegura apoio do programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado, a um investimento de R$ 180 milhões na planta da empresa no município de Mallet, na região Centro Sul do Estado. A ampliação da unidade vai criar cerca de 250 novos empregos diretos.

“O programa Paraná Competitivo recuperou a nossa capacidade de atrair investimentos. E é principalmente no interior do Paraná que as indústrias são instaladas, homogeneizando os investimentos pelo Estado”, disse. “A ampliação desta planta industrial trará muitos benefícios a Mallet, como a melhoria na infraestrutura, na geração de empregos e na qualidade de vida da população”, ressaltou o governador.

Além dos incentivos fiscais previstos no programa Paraná Competitivo, o Estado vai pavimentar a estrada que liga a fábrica ao município, por onde trafegam cerca de 130 caminhões por dia. A empresa já conta com uma parceria com a Copel, que possibilitou a instalação de duas subestações de energia – uma no município de Rio Azul e outra no próprio pátio da Sepac – além da construção de uma linha de transmissão de energia para abastecer a fábrica.

Principal indústria de Mallet, a Sepac – Serrados e Pasta de Celulose é também a primeira empresa da cidade a ser enquadrada no programa Paraná Competitivo. “Com a assinatura deste protocolo temos a certeza que a empresa continua a gerar mais empregos e divisas para o Paraná e principalmente ao município de Mallet”, afirmou o prefeito Rogério da Silva Almeida.

“Por meio desse programa, o Governo do Estado motiva a implantação de novas indústrias e também reconhece as empresas instaladas no Estado”, disse Almeida. Desde 2011, o programa de incentivos já atraiu R$ 30 bilhões em investimentos para o Estado.

A expectativa agora, segundo o prefeito, é que outras indústrias sejam instaladas no município. “Estamos trabalhando fortemente para buscar novas empresas para o nosso parque industrial com o incentivo do Paraná Competitivo”, completou.

EMPRESA – Instalada no município desde os anos 1970, a Sepac dobrou sua capacidade produtiva nos anos 1980 e hoje é a quarta maior produtora de papel tissue no Estado e líder em vendas na região Sul.

A empresa produz atualmente 250 toneladas por dia e a expectativa é de chegar a 350 toneladas com a ampliação da planta. Fabricante das marcas Duetto, Paloma, Maxim e Stylus, a Sepac conta hoje com aproximadamente 600 empregados e está entre as empresas que mais geram impostos no Estado.

“Todos os investimentos que realizamos retornam de forma positiva para a população de Mallet e de todo o Paraná na criação de empregos, na arrecadação de impostos e na geração de riquezas”, afirma o presidente da Sepac, João Ferreira Dias. “Temos uma boa parceria com o Governo do Estado, que se iniciou com a Copel há dois anos e agora se amplia por meio do Paraná Competitivo”, ressalta.

Acompanharam a assinatura do protocolo o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio; o sub-chefe da Casa Civil, Eduardo Pimentel; o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), Marcos Traad e vereadores de Mallet


Texto e fotos: Agencia de noticias