Prefeitura de Irati realoca cooperativas de lixo reciclável - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Prefeitura de Irati realoca cooperativas de lixo reciclável

Desde o início deste mês, os trabalhadores cooperados que atuam na coleta de material reciclável em Irati estão trabalhando em um novo espaço, cedido pela prefeitura municipal. A nova área tem 6.400 m², três vezes mais que a antiga, com três barracões que totalizam 3.000 m² de área construída, totalmente cobertos.

barracão (1)“Estas pessoas realizam um trabalho importante para nosso município, pois auxiliam na limpeza da cidade e do meio ambiente, não permitindo que o que pode ser reaproveitado acabe no aterro sanitário. Para que este trabalho seja ainda mais eficiente, transferimos a separação do material para outro local, mais amplo e com melhor estrutura”, observa o prefeito, Odilon Burgath.

A nova área fica na Vila Nova. Atualmente, 46 cooperados utilizam o local, sendo 27 da cooperativa Malinoski e 19 da COCAIR (Cooperativa de Catadores de Material Reciclável de Irati). Eles fazem a coleta do material, com o auxílio de motoristas, caminhões e combustível cedidos pelo Provopar. Em seguida realizam a separação e comercialização do material.

“Neste local eles podem fazer derretimento de isopor e plásticos leves para transformá-los em bandejas para mudas. Estas atividades irão gerar mais renda para eles, que poderão investir também em outras máquinas. Nos últimos três meses, com o apoio da prefeitura na reorganização das cooperativas, a renda deles subiu de R$500 para R$800, o que representa mais de 50% de aumento na renda mensal destes trabalhadores”, relata o secretário municipal de Meio Ambiente, Osvaldo Zaboroski.

Haverá também a instalação de um picador de vidros, que permitirá que este produto seja comercializado por um valor maior, uma vez que as empresas de reciclagem de vidro preferem adquirir o material já processado. “Atualmente temos aproximadamente 6 toneladas de vidro por mês. Se chegarmos a 35, há empresas do ramo que têm interesse em instalar-se aqui para utilizar o vidro como matéria prima”, afirma o secretário.

O novo espaço tem também compartimentos isolados para contaminantes, que obedecem à legislação ambiental. Eles são antigas estufas de secagem de madeira, com tijolos maciços e portas de ferro, que impedem a exposição de possíveis contaminantes.

 

Colabore com a reciclagem

· Separe o material reciclável do orgânico

· Higienize o material reciclável para assegurar que ele possa ser reaproveitado (caixas de leite, latas de alumínio etc.)

· Deixe o lixo para coleta em local fora do alcance de animais e nos horários mais próximos da coleta

· Reaproveite restos de comida e cascas de frutas como adubo natural nos jardins

Assessoria de Comunicação e Imprensa

 

Texto e Fotos: assessoria PMI